Nação feminina (Em Andamento)
Lourenco
Usuários Acompanhando
Tipo: Antologia Poética
Postado: 29/08/18 12:22
Editado: 30/06/19 20:24
Gênero(s): Cotidiano Reflexivo
Qtd. de Capítulos: 1
Cap. Postado: 29/08/18 12:22
Cap. Editado: 30/06/19 20:24
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 166
Usuários que Visualizaram: 4
Palavras: 295
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Nação feminina
Notas de Cabeçalho

Um apelo desesperado, respeitoso a nação feminina.

Nação feminina

Capítulo unico Nação feminina

Os tempos mudam corroendo os conceitos e a visão da verdadeira face...

Confundindo as conquistas pessoais sorvidas pelo coletivo ilícito,

Malsinando as tradições da hipocrisia disfarçada de mudanças turvas,

Desmerecendo as adversidades culturais e seus conceitos milenares,

De quando a mulher nascia, crescia para ser esposa, mãe, dona de casa,

Dama honrada, prendada, compromissada com a família, rainha do lar,

Conceitos copiados na visão da mãe natureza e seguidos fielmente.

No triste engano as glorias foram tragadas pelos falsos movimentos feministas,

Esmigalhando os conceitos, amor próprio, respeito e orgulho de ser mulher,

Aproveitadores se apossaram das glorias femininas transformando no caos,

Na ignorância da cegues sugaram cada gota do precioso valor da mulher,

E a nação feminina se esqueceu de suas origens, do seu valor, da sua educação,

Esqueceram suas conquistas, suas glorias e suas vitorias individuais,

Fatos questionáveis, não, só a realidade nua e crua diante de olhos cegos,

Onde a mulher é cidadã com direitos e deveres para consigo mesma e a família,

A cidadã cresceu e se formou no conceito do eu sou eu e por direito tenho,

Competente, competidora por natureza, guerreira de espirito livre,

Hoje com orgulho mulheres presidente ou em cargos importantes,

Empresariam sucedidas e capazes de brigar no capitalismo desumano,

Nada foi lhes dado, nada foi brigado, tudo conquistado por merecimento,

Os tempos mudaram, as glorias no passado, os conceitos perderam sentido,

No caos, nas mãos dos aproveitadores maquiados de feministas,

Tudo se resume no breu da ignorância, das glorias usurpada,

A nação feminina esqueceu o seu verdadeiro proposito e não resumido,

Em ser esposa, mãe, dona de casa, rainha do lar...

Sim ser cidadã, companheira, parceira, amiga e a ancora da sociedade...

Na triste verdade nua e crua a lágrima doída implora por um flash de luz.

❖❖❖
Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 06/01/19 22:35

Esta obra é de suma importância, pois desenvolve bem sobre a luta feminina com o passar dos tempos e como foi/é um caminho árduo a se seguir.

Gostei muito da sua iniciativa e pela forma que colocou os fatos nos versos. Meus parabéns ♥