A ultima ordem (Em Andamento)
Luke Skywalker
Usuários Acompanhando
Tipo: Romance ou Novela
Postado: 11/09/18 07:01
Editado: 04/12/18 14:40
Gênero(s): Ação Aventura
Qtd. de Capítulos: 14
Cap. Postado: 20/11/18 13:54
Avaliação: 9.33
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 0
Comentários: 0
Total de Visualizações: 30
Usuários que Visualizaram: 1
Palavras: 227
[Texto Divulgado] "Descartável" Sabe, eu costumo fazer uso da escrita para desabafar, às vezes da fala também (mas não se pode falar por aqui). A questão deste poema é justamente esta: por que diabos você nem ao menos me escreveu adeus? Foi um descarte, como se o ser humano fosse descartável. Talvez aqui fique, já, uma ressalva: Não confunda às coisas, você não pode comprar tudo. E mais uma lembrança: O ser humano sente! (Parece óbvio, não?) Mas, acredite, há pessoas que parecem ter dificuldades de compreender isso. Boa leitura :*
Livre para todos os públicos
A ultima ordem
Capítulo 13 Teste de vontade.

_Perdoe por não ter lhe dito nada- disse o cavaleiro a jovem- mas aqui lidamos com poderes muito além da simples magica. E as ordens são severas.

Aproximando-se deles veio um velho de aparencia surrada, mas que por algum motivo a fazia ficar receosa. O que era aquilo?

Siga-o- disse o cavaleiro- e veremos se pode sobreviver ao primeiro teste.

Ela foi levada a um comodo superior, onde duas jovens a aguardavam. Após um banho , trocaram suas vestes e lhe deram de comer.

Logo depois a levaram para uma camara subterranea. Umida e pouco iluminada.

_Aqui você confrontará o que sente dentro de si. Luz e trevas. Tudo está ligado. Se sobreviver viremos buscá-la.

Assim que a porta foi fechada ela se viu face a face com os assassinos de seus pais e caiu de joelhos. Podia sentir a agua, o ar , a caverna e tambem a escuridão que lutava para dominá-la. Suas piores lembranças a invadiram.

Mas ela lutava bravamente contra aquilo. Com a energia do ar e da água fez um muro de defesa. Mas por que se sentia mais sozinha agora?

Passaram-se cerca de seis horas. Entao ela entendeu. Que deveria afastar aquela dor se libertando da culpa.

Tocou a mao na caverna e deixou sua dor fluir em direçao a agua. Se sentiu mais leve . E desmaiou pouco depois.

Acordou em seu quarto.

❖❖❖
Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!