Algemas
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 02/11/18 19:56
Editado: 02/11/18 22:28
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 3min a 5min
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 57
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 613
[Texto Divulgado] "O olhar de Jurema" Jurema, uma brasileira comum, tem seu dia a dia e sua reflexão sobre sua vida narrada neste conto, que visa mostrar uma breve descrição do brasileiro em geral.
Não recomendado para menores de dezoito anos
Notas de Cabeçalho

Gostaria de uma musica pra ler esse texto? Aqui está

- https://www.youtube.com/watch?v=_DjE4gbIVZk

Capítulo Único Algemas

É sábado à noite e a minha companhia favorita no momento é um filme de drama e meu pijama. O tempo frio só aumenta a minha vontade de ficar debaixo das cobertas.

Ouço meu celular tocar e me estico resmungando para pega-lo, ao ver o nome que aparece na tela, abro um sorriso e meu coração dispara. Lana, esse é o motivo do meu entusiasmo. Atendo rápido e desligo mais rápido ainda, corro até a porta da frente e me jogo em seus braços.

- Que recepção calorosa meu amor. – ela sorri beijando meus lábios e apertando minha cintura levemente.

- Isso que dá ficar tanto tempo longe, eu pensei que só viria amanhã. – dou espaço a convidando para entrar. Ela coloca suas coisas em cima da mesa e me abraça.

- Um dia a mais de folga. O que temos aqui? – diz observando meu pijama de estrelinhas, levantando uma sobrancelha com aquele sorriso debochado que só ela tem.

- Meu sábado a noite estava bem calmo até você aparecer tenente. – começo a desabotoar sua camisa e sinto sua respiração acelerar.

- Então me diga... O quão calmo você quer que ele permaneça?

Lana me encosta devagar na parede mais próxima, beija meu pescoço enquanto brinca com a alça da minha mini blusa. Fico na ponta dos pés e liberto seus cabelos do coque perfeito, volto a me concentrar nos botões da camisa, acabo me atrapalhando e Lana percebe a minha pequena confusão.

- Eu sei fazer isso muito mais rápido. – tira os botões numa agilidade incrível enquanto me observa rindo.

- Porque não tomamos um banho quente? – pergunto enquanto ganho beijos por todo meu rosto.

Apostamos uma pequena corrida até o quarto, onde terminamos de tirar todas as peças de roupas que nos atrapalhavam. Lana liga o chuveiro e me chama com um sorriso, tomamos um banho demorado e voltamos para o quarto.

Sou jogada na cama e em meio a risadas Lana procura suas algemas na gaveta.

- Você tem sido uma menina muito malvada ultimamente.

- Eu que deveria te algemar por ficar tanto tempo longe de mim.

Lana coloca as pernas em volta do meu corpo, estica suas mãos e prende as algemas na cama, me deixando imobilizada.

- Eu poderia te vendar agora sabia?

- Não quero que nada me tire à visão desse seu lindo rosto me observando.

Ela não me responde, recebo beijos por todo o corpo e já começo a ficar inquieta.

- Quieta mocinha. – sou surpreendida com um tapa leve na bunda.

Lana segue sua trilha de beijos até chegar ao local que mais interessa no momento. Fico totalmente perdida na explosão de prazeres que estou sentindo.

Desejei que minhas mãos estivessem livres para tocar nela, mas ao mesmo tempo estou adorando estar algemada. Por vezes pego Lana me observando e sorrindo divertida com as minhas reações. Quando meu corpo finalmente se entrega a ela, ganho mais beijos e carinhos enquanto sou liberta das algemas.

Tiro os fios de cabelo que estão grudados no seu rosto por conta do suor e lhe dou um beijo demorado. Numa rapidez e agilidade, jogo Lana na cama e seguro suas mãos entre as minhas.

- O que vai fazer agora? – me pergunta já sabendo a resposta.

- Eu te disse que quem deveria estar algemada era você, por passar tantos dias fora.

- Ah amor, você sabe que é o meu trabalho, mas sempre que posso volto o quanto antes pra ficar com você.

- Eu sei, mas acho que nunca vou me acostumar.

- Tenho o final de semana inteiro só para você. – ela acaricia minha cintura e sorri com carinho.

- Eu sei que sim, adorei essa sua proposta do final de semana. Mas vamos ao que interessa. Me passe essas suas algemas...

❖❖❖
Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 06/11/18 19:08

Muito bem escrito, e muito sexy também hehe. Parabéns pelo texto! :)

Outras obras de Pelas janelas de um coração

Outras obras do gênero Aventura

Outras obras do gênero Cotidiano

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Erótico ou Adulto