Pudim
Gatriel
Tipo: Lírico
Postado: 29/11/18 23:15
Gênero(s): Drama Poema Romântico
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 36seg a 48seg
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 30
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 96
[Texto Divulgado] "Descartável" Sabe, eu costumo fazer uso da escrita para desabafar, às vezes da fala também (mas não se pode falar por aqui). A questão deste poema é justamente esta: por que diabos você nem ao menos me escreveu adeus? Foi um descarte, como se o ser humano fosse descartável. Talvez aqui fique, já, uma ressalva: Não confunda às coisas, você não pode comprar tudo. E mais uma lembrança: O ser humano sente! (Parece óbvio, não?) Mas, acredite, há pessoas que parecem ter dificuldades de compreender isso. Boa leitura :*
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Pudim

Escrevo aqui, o meu adeus

Pois estas palavras

Eu não conseguiria dizer

Então, vou escrever

Que vou sentir sua falta

Mesmo que não tenhamos sido

Tudo que poderíamos

Você me fez feliz

Querendo mudar meu jeito de ver e viver

Você é mais do que demais

Vou sentir falta do seu riso leve

Do sorriso alegre

De como você mexia no cabelo

E mexia comigo

Do jeito como você me abraçava

E de como isso me confortava

De como segurar a sua mão

Fazia meu coração

Pular algumas batidas

Sabe, eu te queria pra mim

Pudim.

❖❖❖
Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 11/12/18 19:12

huahuahua o poema foi recitado para um pudim? tá bom então xD

Postado 12/12/18 00:17

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK pudim era o apelido de uma "amiga" minha, entao sim, foi para um pudim ashudahsaduhsduhasj