(inestimável)
Andromeda
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 21/01/19 06:41
Editado: 21/01/19 06:42
Gênero(s): Drabble Romântico
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 49seg a 1min
Apreciadores: 4
Comentários: 4
Total de Visualizações: 766
Usuários que Visualizaram: 5
Palavras: 132
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Springtime, Pierre Augusto.

Capítulo Único (inestimável)

Olhei-te de relance, tu encarava as estrelas cintilantes ornamentarem o céu, pensando sobre o passado nelas, com elas. Para alguns isso seria paranóia, para nós, a pura ciência. E eu amava te observar, porque teu olhar se perdia no cintilar e teu rosto enchia-se de admiração pelas estrelas.

O sentimento que me invade por alguns minutos me faz pensar o quanto eu queria que você soubesse o tanto de espaço que tu ocupa em mim.

É grande, inimaginável. Queima por dentro e me congela por fora; me tira as ações, as palavras e eu me perco.

Esse sentimento não cabe nem no universo, imagine no meu peito. É incontável, inestimável. infinito.

Você deixa de olhar o céu, toca minha mão e ri. Eu tremo pelo frio, você me aquece.

— te amo infinito.

❖❖❖
Notas de Rodapé

tem duas pessoas muito especiais pra mim e elas são o motivo desse texto.

Apreciadores (4)
Comentários (4)
Postado 22/01/19 00:19

Depois de um dia frio e cheio de angústias, esta obra me fez sorrir. Não tenho muito a dizer, mas gostaria de te agradecer por me fazer lembrar que existe amor, quando tudo vai mal e que a mão de alguém amado, pode nos aquecer. Terminei de ler com lágrimas nos olhos, pois foi uma leitura que me proporcionou um sentimento muito forte.

Obrigada por compartilhar conosco. Vou guardar cada palavra em meu coração!

Meus parabéns ♡

Postado 08/02/19 12:11

Fico feliz por ter te feito sorrir (mesmo que tenha sido por um breve momento). O amor é um sentimento muito forte e difícil de ser transpassado, mas ele está em casa pequena coisa que fazem por nós — ou que nós fazemos por alguém.

Sou muito grata pelos teus comentários, de verdade, é ótimo saber disso. Muito obrigada, novamente ♥

Postado 05/08/20 20:42

Não é segredo para ninguém que eu não sou tão a favor assim da AC – Academia do Carinho. Eu prefiro os textos embargados de terror aos repletos de carinho, mas as vezes é bom variar um pouco, então eu acabei parando aqui e...

Amo textos que relacionam o céu, o universo. Soa tão poético e acolhedor que te faz querer continuar lendo pelo infinito.

Meus parabéns!!

Postado 08/08/20 14:22

Devo dizer que sou uma grande fã do terror também — escrito ou visual. Mas não minto que muitas vezes um textinho romântico me têm mais (sem contar que não tenho experiência escrevendo terror, deixo isso para quem sabe).

E acho que nada combina mais do que o amor e o universo. Coisas tão simples, que estão lá, mas que carregam tanta complexidade consigo. E é isso o que eu acho bonito.

No mais, muito obrigada.

Postado 08/08/20 20:40

Do jeito que você escreve, tenho certeza que se daria bem com obras de terror! <3

Postado 31/10/20 05:38

Fiquei todo boiolinha com o texto. Bem escrito e com emoção na medida certa; é muito bom amar levemente e sentir que a outra pessoa é um porto seguro.

Parabéns (por ser gay :P)

Postado 19/10/22 16:57

"eu queria que você soubesse o tanto de espaço que tu ocupa em mim"

Essa frase é tão linda!

E é tão bom poder fazer com que as pessoas que amamos, saibam que elas são amadas assim!

Postado 05/11/22 04:12

Amar é uma das dádivas mais belas que fomos agraciados. Narrar sobre o amor, sobre amar e sobre o quanto tudo isso me deixa feliz... não há palavras de como eu fico feliz com tudo isso.