A guerreira.
Pequena Estrela
Tipo: Lírico
Postado: 14/05/19 13:55
Editado: 14/05/19 14:31
Gênero(s): Ação Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 0
Comentários: 1
Total de Visualizações: 84
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 192
[Texto Divulgado] "Sem história " Esse é um conto bem ao contrário e entendedores entenderão as entrelinhas dele
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Vim trazer uma pauta diferente desta vez, uma poesia um pouco mais bruta, mais violenta.

espero que gostem.

Capítulo Único A guerreira.

Ao ouvir o som do sino que indicava o inicio da batalha

Fechei-me totalmente, nada existia a não ser o oponente

Foquei-me no fio da navalha

eu estava desarmada e morreria por uma simples falha.

Mas ainda sim, fui, por que não sou qualquer guerreira.

Eu sou a guerreira, a ectomorfa, a que que sempre vence.

Não se engane pela aparencia franzina e o olhar morto.

Sou um monstro solto.

Minha alma é algo impossivel de se quebrar.

Cada grito de dor seu, é uma vitória minha.

Sua derrota é algo que está predestinado.

Impossivel de mudar.

Pois sou a guerreira, seu sangue é o troféu que ganho.

Achas estranho? Eu não pararia para pensar.

Pensas demais, e a cada pensamento seu

é mais uma queda ao chão

é mais sangue teu

e é mais vitória para pessoas como eu.

Não reflita, não pare.

não sejas convencido

e só pare quando só enxergar um punhado de misero osso partido

Mas isso nunca irá acontecer comigo.

Eu serei a quebradora e rompedora de guerreiros fracos

que fugirão sem eira e nem beira.

não te esqueças

sou mais que uma guerreira

sou A guerreira.

❖❖❖
Notas de Rodapé

É ISTO

BEIJÃO

Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (1)
Postado 14/05/19 14:11

Ohhhhhhj isso foi bem rpgistico e caracteristico seu. Adorei as descriçoes. Perfeitas . Daria um otimo personagem

Postado 14/05/19 14:50

E futuramente será, a do nosso RPG, eu já estou bolando a aparencia e história rs.