Loveless
White Dragneel
Tipo: Lírico
Postado: 01/06/19 23:23
Gênero(s): Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 0
Comentários: 0
Total de Visualizações: 41
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 195
[Texto Divulgado] "Sem história " Esse é um conto bem ao contrário e entendedores entenderão as entrelinhas dele
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Apreciem

Capítulo Único Loveless

Ato 1: eu sou o começo de tudo.

De mim se originou, de mim se formou. Estou por todo o mundo, podes sentir mas não consegues me ouvir.

A joia mais bela envelhece e se desfaz. Mas o tempo nao corroe um amor capaz.

Ato 2: lições

Ficaras até quando preso em teu passado.

Em teus erros apegado?

Toda vida que cessa para mim retorna. Para que outra possa nascer.

Não podes ver?

Ato 3: Sem amor

Desistiu de viver por tua propria fraqueza. Pois nao aceitou perder.

Ora , se há morte , há vida. E se há amor , há tambem a dor.

Ignoraste a ambos, num ato tolo e suicida.

Que fantasia!

Ato 5: nao vou mais dizer

Nao irei mais te dizer o que deves fazer.

Deves encontrar a resposta por ti mesmo, aliás digo que já a tem, só nao enxerga da maneira correta.

Ato final: o destino

A vida segue, continua.

Lute para esquecer o que nao pode obter. Mas lute ainda mais para alcançar aquilo que se pode tocar.

Seu coração pode mesmo ser um cofre, mas para todo sistema de segurança há uma fraqueza.

Há uma em você com certeza.

❖❖❖
Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!