Apenas carnal.
Pequena Estrela
Tipo: Lírico
Postado: 12/06/19 10:12
Gênero(s): Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 40seg a 53seg
Apreciadores: 3
Comentários: 3
Total de Visualizações: 181
Usuários que Visualizaram: 5
Palavras: 107
[Texto Divulgado] "réquiem for me" estou me dirigindo a várias pessoas nesta passagem. todas elas de mãos dadas comigo no espelho. 
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

HEY BRO

apreciem

Capítulo Único Apenas carnal.

Sem amor, apenas uma troca de interesses.

troca de prazeres e fim

o sentimento forte que me habitava com ardor

há muito se foi, e é melhor assim.

Pouco importa-me a tua opinião.

se te chateia fato doloroso de não sentir mais nada.

sou apenas uma fonte de prazer carnal em uma alma quebrada.

tanto faz se o teu eu te amo é verdadeiro ou não.

Ao auge, antes do que eu possa me lembrar

havia um espirito louco para amar.

agora dele só resta o louco, a paixão nele não mais habita.

É apenas carnal, cada um ao teu caminho, não olhe para trás, não insista.

❖❖❖
Notas de Rodapé

é isto amores

Apreciadores (3)
Comentários (3)
Postado 12/06/19 10:40

É um pouco triste e até depreciativo essa visao, Sah. Uma mulher só deve se entregar por amor, pois o calor de ambos é um só naquela hora.

Mas quem sou eu para mudar isso? Apenas o príncipe empalador no sonho de crianças

Postado 12/06/19 10:55

Eu permaneço pura, antes que queira perguntar, mas admito que quis trazer algo depreciativo mesmo, forte e bem chocante e extremamente realista.

Hora de chocar as crianças e tira-las da sala, eu não tô para brincadeiras.

Postado 12/06/19 11:13

Nao ha condeno por sua escrita nem foi minha intenção te desmerecer ou desmerecer a obra.

Logo eu, que quase caí no desejo e na loucura, se salvando por pouco.

Eu sei que és pura minha amiga, e que tuas obras trazem um tom diferente. Diria que é até um contraste com meu romantismo exagerado.

Postado 12/06/19 10:47

É cômicamente amargurado, mas real. O quanto muitos vivem hoje um dia de amor, alguns vivem mais um dia de carnal. Algo tão passageiro e superficial, mas potencialmente marcante. Mesmo que seja por uma única noite.

Meus parabéns por tamanha obra!!!

Postado 12/06/19 10:54

aaa, não creio que meu amorzinho voltou a comentar nas minhas obras?

TÔ TÃO FELIZ <3

Eu que agradeço por ter apreciado meu amor, e você tem razão, há dois tipos de almas, as almas que amam e as almas que apenas desejam carnalmente.

Postado 12/06/19 10:57

Hii!!!

Então, andei sumida, acabei deixando muita gente triste rs

Se você foi uma delas, perdoe - me :3

Mas estou voltando aos poucos e não pude deixar de ler seus textos <3

Postado 28/06/19 19:24 Editado 28/06/19 19:26

Acredito que cada um é cada um e responsável por suas próprias escolhas. Uns decidem se entregar por amor, outros, apenas pela carne. A questão é: qual é o problema? Por acaso somos nós deuses para julgar a decisão alheia? Creio eu que não. Por conta disso, acredito que essa obra é muito representativa e importante, justamente por trazer à tona uma questão fundamental: o respeito pelas decisões do próximo.

O eu lírico expressa uma entrega verdadeira pura dentro da carne. As palavras transferem essa entrega e a atmosfera de paixão puramente carnal é sensacional. O erotismo presente deixam os leitores deliciados e, ao mesmo tempo, encantados. É incrível como os versos deixam expostos como uma única noite é capaz de marcar alguém, quando, vários anos de "amor" deixam muitos infelizes.

Obrigada por compartilhar essa obra conosco. Adorei!

Meus parabéns ♥