A vida imita a internet.
Nilton Victorino Filho
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 17/07/19 13:52
Gênero(s): Crônica
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 0
Comentários: 0
Total de Visualizações: 107
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 239
[Texto Divulgado] "O amigo de castigo" Uma amizade não tem que ser um mar de rosas, ela pode ter começado de uma desavença mesmo.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único A vida imita a internet.

Dia desses, voltando de Salvador, um calor miserável e aumentou quando chegamos nos limites de Camaçari, eu doido pra chegar logo em casa, pois estava trajando roupa social, a calça preta a me cozinhar vivo.

Faltando dois pontos para o meu ponto de descer, o ônibus travou, o motorista tentava arrancar e o bruto não se mexia, pisava no acelerador e tentava, nada, só barulho.

O povo se apavorou:

_Ai meu Deus, no meio da rodovia Parafuso, sem uma sombra pra esperar o socorro.

Do nada e com cara de quem entende do assunto,me levantei e gritei:

_Motorista meu bom, desliga tudo e espera uns segundos...

Não havia motivos para ele não fazer o que eu sugeri, afinal, falei como um catedrático no assunto, fiquei com aquela cara de entendido, todo mundo se virou pra me fitar, dei-lhes o meu melhor olhar de desdém.

O motorista desligou tudo e os passageiros fizeram o clássico silêncio de expectativa...quando ele tornou a bater a chave ouviu-se a explosão do motor e tudo funcionou, então imagina a minha cara...

Do banco em frente ao do cobrador, um senhor gritou:

_Aí entende de mecânica hein???

Pedi que todos prestassem atenção no que eu ia dizer:

_Mecânica???Não, eu sempre faço isso com o meu computador.

E todo mundo riu, meu ponto chegou e pulei para fora, acenei para todos e todos ainda riam, pronto, meu dia estava ganho e ainda nem eram nove horas.

❖❖❖
Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!