Portas fechadas
Zeref the white
Tipo: Lírico
Postado: 11/08/19 13:51
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 526
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 161
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Apreciem... se realmente estiverem prontos.

Capítulo Único Portas fechadas

Aquele eu que no passado desejou uma garota, lutou até o fim e não conseguiu, foi encerrado numa prisão. Uma porta sem volta onde não há escape, onde ele pode alimentar suas perversões sem ferir ninguém.

Aquele eu que via beleza na humanidade, desejava o bem para todos, sempre com um sorriso, foi encarcerado em outra porta. Onde sua inocência não seja incoêrencia.

Aquele eu que via beleza na família, foi descartado e trancado.

Para nunca ser libertado.

Aquele eu que amava jamais voltará a amar, pois atrás da porta que ele está não há luz nem ar.

Aquele eu que se entristecia e se enraivecia, já nao pode ser encontrado. Esta totalmente preso, enjaulado.

Ficou apenas um corpo. E restos de memória. Uma existência vazia. Fria.

Como um buraco negro. Que nada pode fechar.

Passou a ser minha existência e não irá mudar.

Cada aresta, cada canto, cada porta foi fechada. Não há como voltar.

Pois o tempo não para.

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 11/08/19 22:09

Essa obra dilascerou minha alma meu caro ....

Mas gostei da obra apesar do meu coração e mente estar pensativo

Postado 12/08/19 12:39

Fale comigo então, Sah. No particular. Tire suas dúvidas e limpe suas lágrimas. Para você sempre haverá um espaço, sempre terá um abraço

Postado 31/10/21 21:02

Quando sofremos uma desilusão amorosa, nós tendemos a nos fechar...

Porém isso apenas nos machuca mais...

Outras obras de Zeref the white

Outras obras do gênero Crônica

Outras obras do gênero Erótico ou Adulto

Outras obras do gênero Reflexivo

Outras obras do gênero Sobrenatural