O despertar
The v
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 25/08/19 12:46
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 36seg a 49seg
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 55
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 98
[Texto Divulgado] "Tulipa do ex amor" A descoberta da falta de amor próprio após tropeços na vida amorosa
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Aquilo que adormecido estava, enfim acordou...

Capítulo Único O despertar

Ouça-me meu espírito guerreiro. Há muito você dorme, se contendo para não machucar as pessoas.

O tempo da paz acabou. O tempo da guerra começa. Transborde. Transforme.

Mostre que você não é um cão pra ficar se escondendo. Que você é o demonio que estraçalha os que estão no caminho.

Transforme todo meu ódio em chi e força. A dúvida se foi. E você está livre.

Faça pedaços dos meus inimigos. Pise em seus crânios, destrua seus corpos e cobre-lhes a divida com o sangue.

Não mais te conterei. Não mais vou temer.

Já basta.

A paz acabou.

❖❖❖
Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 27/08/19 20:35

Gostei muito das palavras que você usou!!

Enquanto lia, primeiro pensei que se tratava de um personagem específico, mas depois pensei que se tratava de algo intrínseco do ser humano, presente em todos nós.

Não sei se algum dos meus pensamentos está correto... rs

Algo que me chamou muito atenção foi a sinopse! E foi justamente ela que me fez pensar sobre a natureza humana ser assim, tentando se prender a uma bondade que pode não existir...

Belíssimo texto!!! Meus parabéns!!

Abraços,

Meiling!

Postado 27/08/19 20:57

Obrigado amiga. Sim. A raiva é um sentimento perigoso e que é pouco dominado.

Por isso muitas vezes as pessoas enxergam só o bem.