Sirenes
O forjador
Tipo: Lírico
Postado: 17/06/20 12:22
Gênero(s): Poema Romântico
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 32seg a 43seg
Apreciadores: 0
Comentários: 0
Total de Visualizações: 34
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 87
[Texto Divulgado] "A última mitologia " Apresentarei aqui meu conteúdo definitivo. Pelo menos por um tempo. Varios personagens interessantes e outros menos aparecerão Apreciem
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Sirenes

Ouvi uma doce voz a cantar

Que o paraíso é o prazer de amar

De se entregar

Bela voz me dizia para dormir e nunca acordar

Pois assim não sofreria nem veria ninguém chorar

Seria uma viagem eterna

Sem volta

Exceto que minha alma sempre vai vagar

Pelos Elíseos do sonhar

Meus lábios nos teus sempre vou imaginar

E no meu doce sonho, irei adormecer para nunca acordar

Amar-te-ei de todas as formas

Pois não há forma

Que explique esse amor

Mas neste doce sonho, sinto calor...

❖❖❖
Notas de Rodapé

Um pouco mais longo mas espero que gostem

Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!