A caverna
O forjador
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 20/06/20 20:40
Gênero(s): Poema Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 54seg a 1min
Apreciadores: 0
Comentários: 0
Total de Visualizações: 35
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 145
[Texto Divulgado] "De Olhos Fechados" Até quando o que você vê ou ouve é real? ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ ㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤ
Livre para todos os públicos
Capítulo Único A caverna

_ o que eu encontrarei lá dentro - perguntou o jovem a um monje de idade respeitável.

_ Apenas aquilo que levar consigo - disse, de forma enigmática, o monje - agora vá.

Dia após dia ele treinava seu corpo e mente, aprimorando tudo que lhe fora ensinado por anos.

Até o dia que chegou. Uma figura de aspecto negro o desafiou e ele revidou. Mas a figura parecia conhecer todos os seus movimentos.

Cada golpe era devolvido com um contra-golpe. Ele estava confuso, mas se lembrou das palavras de seu mentor.

Aquilo nada mais era que a manifestação do seu medo e agressividade. Então ele sentou-se no chão e respirando, se concentrou.

O medo foi substituído por força de vontade e a agressão, por uma calma nunca vista.

O velho monge se preocupou. - ou ele encontrou o caminho ou morreu- mas, para sua surpresa, seu aprendiz saiu dali diferente.

❖❖❖
Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!