Monótono e triste
Vilma Vampirinha
Tipo: Lírico
Postado: 03/08/20 18:50
Editado: 01/09/20 21:33
Avaliação: 9.4
Tempo de Leitura: 28seg a 37seg
Apreciadores: 12
Comentários: 8
Total de Visualizações: 532
Usuários que Visualizaram: 15
Palavras: 75
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos

Esta obra participou do Evento Academia de Ouro 2020, indicada na categoria Lírico.
Para saber mais sobre o Evento e os ganhadores, acesse o tópico de Resultados.

Notas de Cabeçalho

Meu primeiro texto aqui, é meio triste, mas foi o que senti quando vi a imagem do desafio, então é isso gente, espero que gostem

Capítulo Único Monótono e triste

Todos os dias está tudo difícil

A chuva cai no telhado

O sol esquenta a pele

O vento gela a alma

E tudo é monótono e triste

Nessa pandemia

Sem fim, sem data, sem vida

Não entendo porque as coisas são ruins assim

Uns dizem em mudança do mundo

Novos tempos melhores que virão

Pois eu acho balela

Tudo é inércia

Se antes era ruim

Tende a ficar exatamente igual

Ou eu sou pessimista demais

❖❖❖
Notas de Rodapé

Brigadão se chegou até aqui *_*

Apreciadores (12)
Comentários (8)
Comentário Favorito
Postado 07/08/20 10:43

Senhorita Vilma!

Esse seu poema me pegou de jeito, é muito assim que me sinto nesses dias longos e tristes nos quais estamos confinados dentro de nossas próprias tristezas...

A pandemia veio para nos prender em nossos medos, isolados e sozinhos na frente de um computador, vivendo apenas digitar e sofrer...

Acho que sou muito pessimista também, não consigo evitar de o ser...

Muito obrigada por compartilhar seu texto!

Abraços <3

Postado 07/08/20 12:22

Obrigada, moça, nós estamos sofrendo nesse momento, eu sou tão pessimista também, mas queria ter esperança... Enfim, muito obrigada pela comentário, abraço *_*

Postado 03/08/20 20:21

Talvez você seja realista demais, e isso geralmente descreve alguém pessimista, mas eu sinto o mesmo.

desde que o mundo parou desse jeito, percebemos como ele é chato, monótono e triste. Esse é o mundo sem filtros.

Seu texto me encantou. Tudo é inécia, é exatamente isso. Nessa pandemia, sem fim, sem data, sem vida. Parabéns pelo texto!

Postado 04/08/20 16:49

Muito obrigada pele comentário, é verdade o realista é pessimista porque a realidade é péssima, né kkkkkk

Obrigada *_*

Postado 03/08/20 20:22

Tá fabuloso! Lindo! As palavras fluem como água e são tocantes como fogo.

Perfeita obra eu diria!

Postado 04/08/20 16:51

Que linda, muito obrigaga pelo comentário fofo *_*

Postado 03/08/20 21:09

Me identifiquei tanto com o texto, nossa, nem imaginar o tanto.

Senti a dor e a incerteza, o pessimismo que também me rodeia em relação a isso.

Tudo parece tão...ruim não é?

As vezes penso que só tende a piorar, mas não quero ser negativa, vim apreciar a obra e te digo.

ESTA FANTÁSTICA.!

Postado 04/08/20 16:52

Verdade mesmo, as vezes também penso que tende a piorar, é triste... Muito obrigada mesmo pelo seu comentário *_*

Postado 03/08/20 21:23

Acabei de escrever no fórum sobre isso! Nossos corações tornaram-se turbilhões nestes dias cruéis. O eu lírico mostra muito bem as aflições do que é viver neste momento. Os versos emanam tristeza, sufocamento e aflição. Ainda assim, a escrita é leve, porque o mais importante é a verdade que ela transmite.

Eu sempre sou muito pessimista, mas esses tempos me mudaram e, agora, gosto de pensar que as coisas vão melhorar. Se preencher por ideias ruins pode acabar despedaçando aquilo que já está em pedaços e isso é tudo que não precisamos. Por isso, durante a leitura, quis abraçar este eu poético e dizer a ele que tudo bem se sentir assim, mas que tudo vai ficar bem. Exteriorizar o interno para curar a alma, é tão essencial e todos deveriam fazer, principalmente nestes tempos sombrios.

Obrigada por compartilhar essa obra conosco! Espero ter a honra de ler mais textos/poemas seus por aqui.

Parabéns, Vilma! ♥

Postado 04/08/20 17:25

Gostei muito do que vc escreveu nesse comentário, fico feliz que vc passou de pessimista para mais otimista, torna a alma mais leve! Muito obrigada pelo comentário tão bonito, obrigada mesmo *_*

Postado 04/08/20 19:49 Editado 04/08/20 20:33

Mesmo que seu poema seja taxado de triste, eu sorri com a animação da melodia do seu poema.

Sua primeira obra postada aqui e, sinceramente, espero ver mais da sua escrita empolgante.

Seja bem-vinda, agradeço por compartilhar sua obra e por participar do desafio.

Assinado alguém que é muito pessimista, <3

Postado 04/08/20 20:09

Quanta felicidade seu comentário me causou, sorri ao ler suas palavras tão bonitas sobre meu poema, significa muito pra mim, então agradeço muito mesmo <3

Postado 10/08/20 07:26 Editado 10/08/20 16:13

Bom, antes de mais nada... Ou eu estou ficando (mais) louco ou eu vi a capa como uma representação do vírus se espalhando mais e mais no ambiente (também conhecido como mundo ou Terra).

Sua obra é tão sucinta e imersa em verdade que não há como não nos identificarmos. Estou no barco dos pessimistas acerca da existência e da raça humana faz tempo. Muito tempo. Suas palavras me são de uma precisão admirável e lhe parabenizo intensamente por este texto tétrico, porém realista em momento e sentimento.

Excelente obra, Srta Vilma!

Atenciosamente,

Um ser monótono e entristecido desde o ventre até o túmulo, Diablair.

Postado 10/08/20 15:25

Que legal moço, eu nem tinha reparado que as bolinhas pareciam o vírus kkkkk, mas agora eu concordo com vc kkk obrigada mesmo por ter gostado do meu poema, vc me deixou bem feliz com seus elogios *_*

Postado 05/09/20 01:26

Concordo com você no sentido de ser pessimista, pois também acho que depois dessa pandemia tudo continuará igual.

Infelizmente as pessoas não aprendem e a sociedade não muda!

Nãovejo dias melhores, mas sim piores em diversas esferas...

Entretanto, a pandemia para mim tem sido um momento de muito crescimento e descoberta pessoal, só posso agradecer, visto que ela me tem proporcionado gratas experiências...

No tocante ao seu texto, está muito bem escrito e condizente com a nossa realidade, há dias que somos consumidos por taot grande insatisfação e tédio, que sinceramente só resta-nos dormir para ver se o tempo vai mais depressa...

Grata pelo belo poema e pela reflexão que ele evoca.

Parabéns!

Postado 07/09/20 10:26

Moça vc falou tudo nesse seu comentário, infelizmente eu concordo, é muito triste, mas talvez seja isso mesmo...

Obrigada pelo comentário tão incrível *_*

Outras obras de Vilma Vampirinha

Outras obras do gênero Cotidiano

Outras obras do gênero Crítica

Outras obras do gênero Crônica

Outras obras do gênero Drabble