Controle
Sabrina Ternura
Tipo: Lírico
Postado: 05/09/20 02:50
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 8
Comentários: 8
Total de Visualizações: 162
Usuários que Visualizaram: 11
Palavras: 243
[Texto Divulgado] "Iminnar" Tudo o que ela precisa é completar o treinamento e se provar, para si mesma e o fantástico mundo que lhe cerca.
Não recomendado para menores de dezoito anos
Notas de Cabeçalho

“Something 'bout you

Makes me wanna do things that I shouldn't

[...]

You know how I'm feeling inside

Something 'bout, something 'bout

All girls wanna be like that

Bad girls underneath like that

(Dangerous Woman - Ariana Grande)

Capítulo Único Controle

Sem pudor

Permito que você toque

E se afogue

Em mim.

[é quentinho aqui dentro]

Entre com calma

Em minha pequena entrada,

Enquanto aproveita

Cada centímetro de minha beleza.

Sem pensar nas consequências

Permito que você sane suas carências

Com as mais profundas carícias

Em mim.

[pode passear com as mãos por mim]

Comece em cima,

Continue nos seios,

Se detenha no meio

E termine dentro de mim.

Sem pensar

Deixo que você entrar

Até alcançar meu ventre

Em meu cerne.

[tome as rédeas da situação]

Pode ser rápido

Ou devagar,

A verdadeira intenção

É se incendiar.

Sem gozar!

Não permito que você alcance o ápice sozinho.

É muito feio ser um menino guloso,

Enquanto está dentro de mim.

[a única gulosa aqui, sou eu]

Permita, pois, que eu te engula inteiro

E te deixe sem ar no próximo segundo

Em um constante vai e vem,

Em um constante cavalgar.

Sem mais demora,

Precisamos terminar agora,

Pois estou me agarrando ao último fio lucidez

Onde não há qualquer resquício de timidez.

[pode derramar tudo em mim]

Sem mais conexão

Pego minhas roupas no chão

E te mando embora pela janela do banheiro,

Pois acaba de chegar meu companheiro.

Ele me encontra um tanto bagunçada

Pergunta sobre a casa e reclama do serviço,

Nem sequer me beija ou me dirige um sorriso,

Pois ele sempre está cheio de compromissos.

[o meu amante acaba de fugir escondido,

enquanto eu enrolo o negligente do meu marido]

❖❖❖
Apreciadores (8)
Comentários (8)
Comentário Favorito
Postado 06/09/20 22:39

Acho que achamos um outro lado dos T: Tórrida. Eu realmente amo quando você escreve contos ou poemas eróticos, pois há suavidade em cada palavra, conciliando com a sensualidade única do momento. Há abdicação do vulgar e das palavras de baixo calão, o que em minha opinião deixa o poema mais harmonioso, interessante e sensual.

O interessante é que o poema não traz apenas a parte caliente, mas há também uma constatação; não que seja essa a mensagem transpassada, mas há certa explicação por detrás de uma traição. Quando o relacionamento já não anda bem, e a outra parte não nota ou demonstra desejo, o que fazer?

A carência e o desejo divergem entre si, e o amante trás à tona tudo aquilo que ela almeja - assim como tudo o que ele almeja também. Não dizem que o proibido é o que mais incita?

Eu amo o jogo de palavras e a estrutura poética que você redigi.

Parabéns pela excelente obra! ♡

Postado 07/09/20 00:20

Fico sempre encantada com as suas palavras acerca de minhas obras!

Muito obrigada pela presença e comentário, Pãozinho

Postado 05/09/20 07:54

Seu poema começa tranquilo, doce, como um pequeno regato, mais depois vai num crescendo...

Como quando as águas do regato, a receber águas de outros afluentes, vai se tornando rio, cada vez mais forte, mais intenso...

Pena que termina com um esposo negligente... Todavia a vida por diversas vezes toma esses rumos, quê se há de fazer?

Agraciada pelo seu poema que foi minha primeira leitura do dia.

Parabéns e obrigada!

Postado 06/09/20 01:28

Sim, a vida nos surpreende sempre. Quis trazer um pouquinho dessa surpresa para a história do texto!

Obrigada pelo comentário e presença, Monise

Postado 05/09/20 09:37

Pelo ardor de Satã, começar o dia com uma leitura deliciosa dessas é um prazer tão imenso e bem vindo que me faz idolatrar e admirar ainda mais a Deusa que compôs esta maravilha! Qye Lúcifer me devaste em um milhão de linchamentos se estes versos não me deixaram hell fired up!

Esse misto de entrega e dominância da protagonista é descrito de modo tão intenso e inebriante que faz nossa imaginação alçar vôo e nos fazer desejar algo parecido ocorrendo conosco na mesma hora e proporção... Por Satã, que texto FODA! E que autora FODA também, tudo aqui tem de ser aplaudido e ovacionado de pé!

Meus mais sinceros e entusiasmados parabéns, Brina Tentação! Essa obra vai incendiar o site e espero que as chamas que ela vai despertar em cada leitor rivalizem com o Inferno! Bravo! Bravíssimo!

Atenciosamente,

Um ser negligenciado e incinerado, Diablair.

Postado 06/09/20 01:30

E vamos de fogo no parquinho KKKKKKKKKKKKKK

Fico muito feliz que essa obra tenha te agradado e que você tenha capturado os pormenores da narrativa lírica!

Obrigada pelo comentário e presença, meu estimado amigo

Postado 05/09/20 13:51

Menina deu um calorzin ler isso!!!

AMEI, amo o sistema que você usa para escrever, não sei explicar, é tão fluído e bem feitinho, dá vontade de imprimir e colar na parede!

começa leve e vai esquentando, do jeitinho que eu gosto, arrasou Brina!!

Postado 06/09/20 01:30

Fico muito feliz que o fluxo lírico tenha te agradado!

Obrigada pela presença e comentário, Estrelinha

Postado 06/09/20 18:21

UI UI UI que calor está aqui, rsrsrs

Eu amei completamente todos esses incríveis e calientes versos, afinal, tudo que a Deusa Brina escreve é Divino por natureza!! <3

Mas sabe o que eu imaginei aqui? Capitu e Escobar se deleitando enquanto o doido do Bentinho chegava em casa, rs.

Obrigada por nos agraciar com esse poema!

Um enorme abraço <3

P.S. que saída mais épica pela janela do banheiro amei hahaha

Postado 07/09/20 00:19

Olha, eu amei muito pela sua perspectiva. Capitu deveria, sim, ter traído. Bentinho o maior corno gado chato da história e olha que ele nem foi tudo isso. Imagina se tivesse sido!!!!!

Muito obrigada pela presença e comentário, Mei

Postado 07/09/20 10:02

A tela do computador pegou fogo, nossa senhora, moça Sabrina isso foi demais *_*

Vc é boa em qualquer tipo de texto, não é a toa que te chamam de deusa, e esse aqui ficou perfeito, parabéns viu *_*

Postado 09/09/20 01:09

A intenção era colocar fogo em todos mesmo kkkkkkkk

Obrigada pelo comentário e presença, Vilminha ♥

Postado 20/09/20 22:13

Por partes. Muita hora nessa calma.

Me diz que tu já ouviu a male ver. dessa música, só me diz, por favor! Eu amor de uma forma (a)normal além da conta. Só para deixar registrado mesmo.

O sindicato da madrugada vibra com esse novo T, pode ter certeza. Brina, o teu texto é de chorar (e eu nem disse por onde).

Parabéns e, eu voto por mais textos assim. Amém! ou Malditos! :P

Postado 24/09/20 02:32

O tanto que ri com esse comentário KKKKKKKKKKKKK o choro é livre, seja por onde for!

Obrigada pelo comentário e presença, Flavinha

Postado 19/11/20 22:40

Posso dizer com plena certeza de que foi a melhor obra que já li desse genero. Eu estou encantada com a forma que você trabalha a sensualidade unida a sensibiliade e ternura, me deixou até inspirada hahahaha. Parabéns pela obra magnífica!♥

Postado 31/12/20 17:11

Fico muito feliz que tenha gostado e se inspirado!

Obrigada pela presença e comentário, Minerva ♥