Poemas pungentes (Em Andamento)
Monise
Usuários Acompanhando
Tipo: Antologia Poética
Postado: 06/09/20 02:09
Editado: 10/09/20 01:44
Qtd. de Capítulos: 3
Cap. Postado: 06/09/20 02:09
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 51seg a 1min
Apreciadores: 5
Comentários: 4
Total de Visualizações: 77
Usuários que Visualizaram: 6
Palavras: 137
[Texto Divulgado] "Ícaro e o Sol" Eu te destruo sem querer e você faz o fogo que há em mim ficar maior você é o Icaro e eu o Sol nos amamos... mas se eu te destruo, por que ficas?...
Não recomendado para menores de dezesseis anos
Poemas pungentes
Notas de Cabeçalho

Chamei de Dente de Leão minha primeira perda na Pediatria.

Sua morte me doeu tanto, mas tanto que a única coisa que me trouxe alento foi escrever-lhe esta poesia...

O desamparo mata muito mais do que a doença, creiam-me!

Capítulo 1 Dente de Leão 1

Dentinho de leão

Ah, meu dentinho de leão

Hoje você é quase uma pena

A vida não te foi amena

Com muitos penares e pesares

você viveu!

Ah dentinho de leão

Tão pequenininho, tão frágil

Tão sozinho, tão forte esse jeito teu.

Dentinho de leão

Tão triste é esse teu desamparo

Infelizmente tal já não é tão raro

Nesse mundo em que você viveu.

Vai em paz meu doce dentinho

Usa a leveza do vento

Segue teu caminho

Que a viagem te seja leve

Te seja breve

Reduza a tristeza em que viveu

Leve contigo todo amor

Toda cor de todo bom pensamento

Que não haja mais

dor ou tormento

Que Deus a acolha em paz e alegria

Que haja toda sorte de bênçãos e harmonia

Ao dentinho de leão

Que tão curtamente e dolorosamente viveu! (21/09/2017)

❖❖❖
Notas de Rodapé

A vida tem suas belezas e também imensas tristezas...

O importante é se permitir vivenciar cada uma delas...

Apreciadores (5)
Comentários (4)
Comentário Favorito
Postado 17/09/20 22:06

Não tenho propriedade para falar que sei o que você sentiu nesse momento, mas, como uma pessoa que estuda o pós morte, imagino que é preciso muita força para superar momentos como esse!

Parabéns não só pelo poema, Monise, mas pela força também!

E concordo cem por cento, é importante saber e se permitir vivenciar nossas tristezas, aceitá-las como parte de nossa vida. Acho que é um dos passos mais importantes para o início de uma jornada de entendimento da vida.

Beijos!

:)

Postado 17/09/20 22:23

Aceitar as perdas é importante para seguir em frente!

Obrigada pelo carinho!

Postado 06/09/20 16:21

Poesia que conseguiu trazer ao leitor toda tristeza e pesar. Sinto sua dor e lamento por ela.

Abraços

Postado 17/09/20 22:22

Obrigada :)

Postado 08/09/20 00:25

Imagino o quanto dói perder um/uma paciente tão jovem com uma vida que teria pela frente e mesmo não sendo "a mesma coisa" esse foi principal motivo de eu ter desistido do curso de veterinária (eu ficaria doente a cada perda).

Agradeço muito por compartilhar seu poema e tenho certa de ela também.

Assinado uma pequena vampira, <3

Postado 09/09/20 16:13

A perda é muito ruim, quando associada a vulnerabilidade e aí desamparo numa criança tão jovem, dói demais...

Mas ainda assim, é um trabalho que me realiza imensamente. Espero um dia voltar a trabalhar no hospital...

Postado 14/09/20 07:47

A tristeza é latente nesses versos tão bem construídos e eladorados. A melodia parece um sussurro choroso e o leitor se emociona conforme a leitura vai sendo feita. A metáfora do dente de leão para representar essa pequenina pessoa que partiu foi muito meiga. Tudo no poema é muito palpável, principalmente essa dor de perder alguém.

Obrigada por compartilhar essa obra conosco!

Parabéns, Monise

Postado 14/09/20 09:26

Obrigada você por ler!

Outras obras de Monise

Outras obras do gênero Cotidiano

Outras obras do gênero Crítica

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Poema