Erudita
Malva
Tipo: Lírico
Postado: 29/03/16 20:47
Gênero(s): Poema Reflexivo
Tags: Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 42seg a 56seg
Apreciadores: 5
Comentários: 2
Total de Visualizações: 529
Usuários que Visualizaram: 11
Palavras: 113
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Espero que gostem <3

Capítulo Único Erudita

Ela coloca uma tiara brilhante na cabeça

Só para esconder seu coração quebrado

Ela clama por misericórdia

Só para o seu tormento não ser achado

Ela se prostra

Não para ser humilhada, mas para ser exaltada

Ela chora

Não por fraqueza, mas por destreza

Ela se desliga

Só para ser ligada novamente

Ela desagrada

Agradando novamente

Ela precisa de ajuda

Mas sempre é a mão do resgate

Ela é cruel

Mas continua doce como sempre

Ela está sozinha

Mas o seu íntimo é cheio de visitas

Ela não é amada

Só admirada por fantasmas clássicos

Ela quer companhia

Mas sempre anda numa via única

Ela se esconde

Só para o mundo a mostra-la.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Obrigada!

Apreciadores (5)
Comentários (2)
Postado 30/03/16 16:15

Impossível não se identificar em alguns versos. Adoro no seu poema a possibilidade de escolher que é o "ela".

Excelente :)

Postado 30/03/16 16:56

Muito obrigada! É um prazer receber seu apreciado e seus comentários.

A maioria dos poemas que escrevo são baseados em pensamentos muito particulares, literalmente desabafos, mas ao mesmo tempo tento manter uma relação forte com o exterior. Eu simplesmente escrevo, leio e tento achar o sentido do que eu escrevo. É meio louco, mas eu gosto. Enfim, talvez não faça muito sentido o que eu falo. Mais uma vez obrigada :D

Postado 30/03/16 17:02

Eu sinto exatamente isso. Que vc escreve para você e de vc. Isso ´w muito bom :)

Postado 11/01/19 23:00

Simm! Eu escrevo de mim, para mim e de certa forma para os outros também. Como disse para Sabrina, é como se eu liberasse um pedaço meu para cada pessoa que lê o que escrevo.

Agradeço mais uma vez pelo carinho, apoio e super atenção.

Grata,

De mala vazia.

Postado 04/01/19 20:36

Que poema incrível, que eu-lírico intenso! Esses versos transbordam uma realidade palpável e visível, mas principalmente o sentimento que muitas possuem.

Obrigada por compartilhar uma obra desta magnitude conosco. Meus parabéns <3

Postado 11/01/19 22:57

Começo dizendo: Muito Obrigada, mesmo!

É sempre um prazer compartilhar meus escritos/desabafos com vocês. Inclusive porque é uma via de mão dupla. Eu descubro coisas novas e libero o que mais tenho: sentimento.

É como se eu liberasse o que sinto para que cada um tenha um pedaço de mim quando lêem o que escrevo. Mas enfim, rs, eu agradeço pelo carinho, apoio e atenção. Principalmente vindo de uma artista maravilhosa como você!

Grata,

De mala vazia.