Essa música me lembra você
Shizu Devastir
Tipo: Lírico
Postado: 06/06/21 20:55
Editado: 07/06/21 23:11
Gênero(s): Drama Poema Romântico
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 3
Comentários: 3
Total de Visualizações: 383
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 315
[Texto Divulgado] "Sutileza" Cumpriu sua missão e partiu, como se tivesse nascido apenas para salvá-las. Cheio de todas as faltas e falhas, havia até quem pudesse dizer que não valia nada, mas o bem que fez àquelas duas senhoras, ninguém jamais terá o direito de negar.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

É Junho e o amor está para aqui para corromper e doçar até os corações mais duros cof cof~ eu mesma cof COF~~

Adoro vocês, beijinhos <3

Capítulo Único Essa música me lembra você

Essa é minha música favorita no momento!

Não, não estou apaixonada...

Bem provável que seja pior

E eu possa já estar a amar!

É um sentimento estranho que aparece no peito,

Em momentos de devaneios cinzentos

É o seu sorriso distante que meus olhos buscam

Acalma de uma forma irracional as lágrimas que se formam no meu rosto,

Aflora uma verdade infantil na minha personalidade distorcida,

Causa uma raiva distinta que faz eu não poder te odiar...

E mesmo assim a gente nem está junto!

Separados pelo tempo, espaço e direção que decidimos seguir,

Tomando decisões erradas para acabar caindo juntos no fundo do poço.

É engraçado pensar no que poderíamos ter sido

Se isso ou aquilo tivesse sido dito, sussurrado, gemido...

Nunca poderia ter sido reprimido, escondido em outros lábios.

Deveria parar de fugir desse fim inevitável?

Não me parece sensato desembuchar nos teus ouvidos

Essa energia angustiante, carência sem remédio...

Esse medo de já estar no passado a única chance de ser mais,

A esperança de seremos melhores juntos que separados.

Essa é minha música favorita no momento,

Ela me causa um sofrer que eu canto sorrindo,

Pois me faz lembrar você que eu não consigo deixar ir.

Não sei o que fez ou deixou de fazer,

Não te vejo a tanto tempo, mas mesmo assim insisto em recordar você.

Soprando a poeira das memórias amareladas

E deslisando novamente meus dedos sobre seu rosto,

Sorrindo sem jeito achando fofo suas covinhas...

Admirando o quanto oposto somos.

Eu odiava ficar sem palavras, sem ação do seu lado

O perder das forças ou aquele arrepio na espinha, eu odiava

A forma que eu enrubescia nos nossos olhares corriqueiros

Quando chamava meu nome... Eu tinha medo!

Essa música é minha favorita quando quero pensar em você.

Porque de certa forma, você só foi embora

E a gente deixou assim,

Triste ou feliz, não colocamos um fim.

❖❖❖
Notas de Rodapé

A música principal que eu usei de inspiração para criar essa obra é: Quando você voltar — GRITO ARCÚSTICO

<3

Apreciadores (3)
Comentários (3)
Comentário Favorito
Postado 07/06/21 21:37 Editado 07/06/21 21:39

"Essa é minha música favorita no momento,

Ela me causa um sofrer que eu canto sorrindo,

Pois me faz lembrar você que eu não consigo deixar ir.

Não sei o que fez ou deixou de fazer,

Não te vejo a tanto tempo, mas mesmo assim insisto em recordar você".

Amei esse trecho, é tão doída e ao mesmo tempo doce a lembrança de certos amores...

Aquele eterno recordar o que poderia ter sido, sonhar com o improvável...

De certo modo é uma fuga para um lugar seguro, afinal de contas na imaginação tudo é perfeito...

Muito gostoso ler o seu poema!

Obrigada por compartilhar conosco.

Postado 19/06/21 22:56 Editado 19/06/21 22:57

Fico tão feliz em receber um comentário tão caloroso e adorável como o seu Monise!~ (e essa também é minha parte favorita <3)

Não só da nossa imaginação quanto ao impossível, mas em um grande geral. As frases saem sempre melhores dentro da nossa cabeça hahahahah~~ como disse é um lugar seguro que podemos controlar tudo.

Agradeço seu comentário e muito <3

Obrigado.

Postado 15/08/21 23:10

Senhorita Shizu <3

Que coisa mais linda temos aqui, eu estou emocionada com essas linhas que acabei de ler ;-;

"É engraçado pensar no que poderíamos ter sido / Se isso ou aquilo tivesse sido dito, sussurrado, gemido..." - essa foi a minha parte preferida, pois acredito que quase todos conseguimos nos identificar de um modo ou de outro com esse trecho... o que é triste, porém é extremamente poético, e por isso é belo!

"Porque de certa forma, você só foi embora / E a gente deixou assim, / Triste ou feliz, não colocamos um fim." - eu geralmente penso que não colocar um fim seja algo triste, mas após ler esse texto, vi esse outro lado da moeda, um lado que pode ser feliz simplesmente pelo modo como não houve um fim!

Isso foi tão melancolicamente lindo <3

Obrigada por compartilhar esse poema <3

Um grande abraço * - *

Postado 23/11/21 17:51

Que poema maravilhoso! Os versos são bem construídos e a leitura é super fluida, o que torna a experiência de ler sensacional. O conteúdo das estrofes possui uma melancolia palpável, assim como permite o leitor se identificar com cada uma das palavras.

Muito obrigada por compartilhar conosco!

Parabéns, Shizu ♥