Pobre Coração
Cáh
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 05/04/16 14:35
Gênero(s): Drabble Drama
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 4
Comentários: 2
Total de Visualizações: 341
Usuários que Visualizaram: 8
Palavras: 220
[Texto Divulgado] "Em tempos de Corona" Olá leitor, espero que esteja tudo bem por aí (ademais, são tempos de quarentena). Falando nisso, vamos falar do título "Em tempos de corona..." - significa dizer que foi escritório prioritariamente em função dos últimos acontecimentos relacionados à pandemia mundial. Bora refletir sobre o que os últimos acontecimentos podem nos dizer? Abraços virtuais bem de clima de pandemia!
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Oláaaaaa! Bem, o que eu posso dizer? Que talvez eu seja uma escritora meio depressiva, agora boa leitura, deixem suas opiniões e até a próxima o/

Capítulo Único Pobre Coração

Sucumbiu a toda aquela desgraça, e quebrou-se em pedaços muito pequenos, ao ponto de ser impossível juntá-los novamente. Enfim, depois de tanto tempo fingindo ser algo que não era, criando uma crosta tão firme ao redor de seu coração, e desejando que tudo acabasse, lá estava ela, com o coração na mão – ou o que sobrara dele. Não haviam mais lágrimas, então, ao invés disso, contentou-se em sentir a dor que tinha na alma; sua maior vontade era de gritar, mas, com toda a sua força, segurou-o por dentro, mesmo sabendo que, mais dia ou menos dia, ele teria que se libertar – assim como ela.

A cabeça, por sua vez, continuava trabalhando incessantemente, mesmo que o coração já não o pudesse ajudar – ou atrapalhar – em suas tarefas; agora, ela parecia tentar dar conta do trabalho de ambos, mas não conseguia sentir. Esse era o grande problema da pequena garota; por muito tempo de sua vida permaneceu sentindo, não como as outras pessoas, mas sentia com uma intensidade fatal; agora, pois, não tinha mais sentimentos para fazê-lo, não havia mais quem amar ou com quem se importar, não havia mais coração, porque o mesmo havia se quebrado. Ela sabia que a culpa de tudo aquilo era dela, mas, ainda assim, preferia colocar a culpa no coração que, outrora machucado, agora descansava.

❖❖❖
Apreciadores (4)
Comentários (2)
Postado 05/04/16 14:55

Fiquei até sem saber o que comentar agora! Esse concerteza vai para a minha listinha de textos favoritos! *--*

Postado 05/04/16 14:58

Obrigada por ler e deixar sua opinião, que é de grande valia :'). Que bom, fico feliz por isso e espero te ver mais vezes por aqui.

Postado 06/04/16 15:45

Acho que todo escritor tem um lado meio depressivo, é necessário para qualquer um de nós, afinal a dor e o sofrimento fazem a emoção vir a tona. Gostei muito do texto. Como amante do lado obscuro do sentimento que é exatamente o que vc escreveu. parabéns.

Postado 06/04/16 15:54

Olhando por esse lado, você tem razão... Fico feliz que tenha gostado, assim sendo.