Todos os Dias
Mariana Heloise
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 26/05/22 17:17
Gênero(s): Drama
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 2min
Apreciadores: 2
Comentários: 1
Total de Visualizações: 117
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 333
[Texto Divulgado] "Renascentismo" "And it's good to be alive Crying into cereal at midnight If they ever let me out, I'm gonna really let it out"
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Desafio bimestral do OPMP, onde cinco palavras eram obrigatórias: Luar, Sorte, Amor, Fé e Recomeço.

Para a não surpresa de todos, esta é uma história meio triste.

Capítulo Único Todos os Dias

Todos os dias acordo na mesma hora, as exatas 5:25h da manhã, meu corpo pula da cama num movimento tão conhecido e automático. As exatas 5:45h eu saio de casa em direção ao ponto do ônibus. Todos os dias pego o mesmo ônibus, no mesmo ponto, desço no mesmo terminal, pego mais um ônibus e desço em mais um terminal e pego mais um ônibus e desço no mesmo tubo com o mesmo cobrador e saio pela mesma catraca.

Todos os dias ao sair do tubo ando pelo mesmo caminho, passo pelas mesmas árvores, ando pela mesma calçada e vejo a mesma mulher passeando com seus cachorros. Todos os dias a mesma rotina, chego no trabalho, abro o mesmo portão, desativo o mesmo alarme, abro as mesmas portas e janelas e ligo o mesmo computador. Recebo as mesmas crianças, ando pelos mesmos corredores, com as mesmas fotos e as mesmas salas.

E mesmo fazendo o mesmo. Todos os dias parecem diferentes, talvez eu tenha sorte, por poder ter uma rotina tão completa, repleta de amor, aquele amor de criança que sorri e nos abraça calorosamente. Aquele amor que faz a rotina tão igual ser diferente. Então após uma semana de dias tão iguais, no domingo eu me sento na cama, olho pela janela e observo aquele luar tão bonito, responsável por trazer a calmaria para enfrentar mais uma semana de dias iguais.

Tenho fé que um dia a rotina vai ser diferente, afinal cada ano é cada ano e embora uma escola seja feita de rotina, a rotina não faz a escola. Por isso, a cada novo dia as árvores estão mais verdes, percebo um novo detalhe no desenho na parede, tem um novo elemento nas salas e principalmente, as crianças têm novas histórias para contar. Então, são essas pequenas mudanças, que me permitem ter um recomeço toda manhã. A cada manhã tenho uma nova visão, diferente da que tive ontem e totalmente diferente da que terei amanhã, mas sempre olhando para frente.

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (1)
Postado 26/05/22 18:58

A rotina não precisa ser uma monotomia, conto breve e doce, obrigada por compartilhar.

Postado 02/06/22 16:53

Obrigada!