A Fantástica Fome
Rutinaldo Miranda
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 25/06/22 23:26
Editado: 27/06/22 21:58
Gênero(s): Comédia Crônica
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 1
Comentários: 0
Total de Visualizações: 81
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 211
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Capítulo Único A Fantástica Fome

Sua boca se encheu de saliva. Os olhos fixos naquele hambúrguer. Parecia tão apetitoso! Não, não trocaria por nada. Nem mesmo roupa nova. Uma bolsa de grife. Ou até um orgasmo. Tinha virado uma marionete do seu estômago. E aquela fome avassaladora lhe dominava completamente.

Por um momento, reuniu forças. Quem sabe, as últimas. E fechou os olhos. Tentou pensar em algo diferente. Mas no quê? Então, uma imagem começou a se delinear em sua mente. E ela abriu um largo sorriso. Tinha pensado justamente em um belo por do sol! Que acontecia numa praia deserta. Do tipo que se vê apenas em capa de revista. Uma verdadeira obra prima.

Como era fantástica aquela visão! E se deu conta de que agora não sentia mais aquela fome insana. Até que... bem, até que tudo começou a ficar muito, muito esquisito. O Sol vermelho como uma rodela de tomate. As nuvens verdinhas como alface. E cobertas com indispensáveis picles. Ah, também surgiram dois discos voadores, parecendo metades de um pão. Cobertos com pitadas abundantes de gergelim. Sobre uma imponente plataforma em formato de picanha na chapa.

Esse delírio gastronômico durou só alguns segundos. Tempo suficiente para ela entregar de vez os pontos. E finalmente dar uma saborosa mordida em seu precioso lanche.

❖❖❖
Apreciadores (1)
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!