Aquela noite (Em Andamento)
Usuários Acompanhando Nenhum usuário acompanhando.
Tipo: Romance ou Novela
Postado: 19/01/23 22:12
Gênero(s): Poema Romântico
Tags: Sim
Qtd. de Capítulos: 1
Cap. Postado: 19/01/23 22:12
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 0
Comentários: 0
Total de Visualizações: 18
Usuários que Visualizaram: 1
Palavras: 274
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Aquela noite
Notas de Cabeçalho

Uma lembrança do passado Pedro os velhos amigos

Capítulo 1 Aquele noite

Aquela noite

Eu, lembro daquela noite

o que você me falou!

Que o seu céu estava nublado,

a estrela que brilhava se apagou!

Nada em sua vida tinha cor!

O lenço você do bolso pegou

uma lágrima rolou…

Ali na calçada, você sentou-se.

Com uma garrafa de cachaça do lado

Em um copo descartável uma dose colocou e a boca levou,

e falou que viu aquela menina na praça com seu novo amor.

Quando por nós ela passou, e se nem quer te notou,

aos beijos e abraços com seu novo amor!

O copo descartável com a mão você amassou e no lixo jogou.

Com o copo você se comparou.

"Eu agora sou um lixo que ela nem olhou"!

O resto da cachaça com a garrafa na boca você colocou.

Como um menino você chorou!

E, também, cantou a música que com ela uma noite você dançou!

A minha mão eu dei e você se levantou,

no meu ombro se apoiou, juntos nós caminhamos

e na sua casa chegamos!

Rios de lágrimas você derramou,

falando da menina que era seu amor…

Agora vem falar que por mim se apaixonou!

Que no seu céu entre as nuvens

uma nova estrela com o meu nome brilhou…

Que fiquei do seu lado quando você precisou!

Em sua vida meu sorriso deu cor!

Desculpe, eu não sou lenço

que enxuga suas ágrimas de amor…

Se um dia eu te amei você não me notou.

No meu peito doeu,

ouvi você falando de outro amor.

Ser apenas sua amiga é o que me restou.

O tempo já me deu um grande amor…

Escrito por mim, Vera Lúcia Batista Aguiar.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Ele aprendeu a amar ela, mas era tarde demais.

Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!