Última Conversa
Lucas Gomes
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 22/05/16 19:26
Gênero(s): Drama Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 2min a 3min
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 280
Usuários que Visualizaram: 6
Palavras: 467
[Texto Divulgado] "É Halloween" E quando perguntaram para Baekhyun o que ele vestiria, ele apenas respondeu que se vestiria como o pior monstro que ele conhecia.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Última Conversa

Certa vez, estava na escola, ao intervalo precisamente. Em uma roda conversando com meus amigos, quando de repente, meu celular tocou, minha mãe me avisando que iria me buscar na escola. Até já imaginava o que poderia ser, meu Avô estava passando muito mal, talvez fosse uma despedida ou coisa pior.

Passou o tempo e ela chegou, avisamos à diretoria e partimos. Ao entrar no hospital senti o impacto daquela atmosfera de dor, é tão triste se sentir de mãos atadas sabe ? Talvez para quem não faça nada, possa fazer muito pela positividade. Meu Avô sempre me contava, que havia uma enfermeira em especial que sempre fazia do seu dia melhor. Pois o tratava com carinho, o fazia sentir-se um humano de respeito.

Engraçado né ? Como ela simplesmente agiu como deveríamos agir, mas ela se destaca pois ninguém mais o faz...

Voltando à realidade, subi às escadas em direção ao quarto dele. Ao entrar, percebi que o mesmo não estava nada bem, tossia muito, e estava realmente pálido.

-Bom dia vô !

-Bom dia amigão.

Ele sempre me chamou assim quando eu era criança, talvez esse fosse um detalhe que ele guardava com carinho da nossa história juntos, me deixava meio envergonhado mas penso que era importante para ele, logo, eu deixava.

-Como o senhor está ?

-Não vou muito bem, me sinto ficando mais fraco a cada dia- Murmurou

-Vai ficar tudo bem Vovô !

-Eu espero que sim, chegue mais perto amigão, chamei você aqui pois precisamos conversar.

-Pois então diga.

-Existem muitas coisas que um homem faz na sua vida, as que ele quer fazer, as que ele precisa fazer, e as que os outros fazem ele pensar que quer, que precisa. Não se deixe enganar ! A vida é tão curta pra crescer, estudar, trabalhar, pagar, trabalhar, mas não chegar a lugar nenhum !

-O que está querendo dizer com isso ?

-Talvez nossa evolução tenha nos permitido muita coisa, mas ela nos tirou tanto amor, amor pelo próximo, pela vida ! Agora que cheguei até aqui, me arrependo tanto das coisas que não me permiti fazer, das viagens que não fiz, de certos arrependimentos que deixei de ter. A experiência traz muita coisa, entre elas, a dor de não poder voltar atrás. Amigão, pense muito bem nas suas escolhas, aja com sabedoria, mas de vez enquando, não faz mal nenhum arriscar, e tentar viver de uma maneira "diferente" entende ?- Disse em lágrimas

-Eu acho que entendo sim...

-Eu sei que parece clichê muito do que digo, mas as vezes ele é tão real, e não damos tamanho valor, e é preciso que alguém o diga.

-Sentirei sua falta.

-Eu também amigão.

E essa foi a última conversa que tivemos, podemos não ter tido muito tempo juntos, mas nesses minutos, aprendi mais do que em muitos anos da minha vida.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Espero que tenham gostado.

Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 27/05/16 22:58

"-Eu sei que parece clichê muito do que digo, mas as vezes ele é tão real, e não damos tamanho valor, e é preciso que alguém o diga.

-Sentirei sua falta."

Isso foi tão incrivelmente fofo, assim como o resto do texto. Adorei!

Postado 27/05/16 23:13

É tão lindo o amor dos Avós né ? Hahah, muito obrigado !

Postado 04/06/16 22:50

Nossa, que tocante! Me lembrou um filme, mas não consigo recordar...

Bem, de qualquer forma, adoro teus textos, pois sempre tem algo a acrescentar. Lindo conto :)

Gostaria de sugerir, entretanto, que você revisasse alguns pontos do texto por conter defeitos técnicos. Nada que estrague a maravilha do texto, mas penso que pode ficar sempre melhor :)

Até mais!

Postado 06/06/16 19:10

Se puder me dizer exatamente quais seriam, eu adoraria !

Muito obrigado !