Segundos preciosos
Lika Akamatsu
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 21/07/16 05:07
Gênero(s): Drama Romântico
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 5
Comentários: 2
Total de Visualizações: 237
Usuários que Visualizaram: 8
Palavras: 204
[Texto Divulgado] " Apenas se jogue!" seja da altura de um pé, ou de um precipício para haver aventura tem que ter um inicio. tudo começa do momento em que tu se jogas.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Há exatamente um ano, acabei descobrindo que alguns segundos realmente podem ser infinitos.

Capítulo Único Segundos preciosos

"O horizonte anuncia com seu vitral

Que eu trocaria a eternidade por essa noite

Por que está amanhecendo?

Peço o contrário ver o sol se pôr

Por que está amanhecendo?

Se não vou beijar seus lábios quando você se for"

O horizonte sempre soube, a eternidade não se compara ao que eu vivi contigo. O amanhecer era um mero piscar de olhos na tua presença. O pôr do sol, entretanto, para mim durará uma eternidade toda. Eu quero eternizá-lo, quer você queira ou não. Aqueles poucos momentos que passamos juntos eternizaram-se em meu ser, não houve momento mais feliz, não houve momento com mais paz. O que passei contigo foi muito mais, muito mais que um "lance" de três meses. Lembro-me da sensação que era deitar ao teu lado e não esperar palavra alguma, de não querer que aquele tempo passasse. Em todos os segundos eu desejava poder pausar, ou então voltar a fita e repetir. Eu adoraria...

A noite era cúmplice e testemunha de um sentimento puro e verdadeiro. Com ou sem luar, era notável o quanto eu gostava de ti. E todas as noites que ficamos juntos eu trocaria pela eternidade. Cada segundo foi precioso. E para as minhas memórias ainda são.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Eram segundos finitos, afinal.

Mas eternos em memória.

Apreciadores (5)
Comentários (2)
Comentário Favorito
Postado 21/07/16 07:15

Srta Lika, bem sabe o quão romântico não sou. Todavia, seu cálido e, de certo modo, soturno texto me lembrou de uma ocasião que vivi onde senti igualmente essa sensação, em que tive este mesmo desejo... Muito embora não houvesse quaisquer traços de amor envolvidos.

E quantos outros momentos desse, em diferentes contextos, todavia idêntica importância cada um de nós não carrega no peito, na alma? Suas palavras nas notas finais são tão belas quanto a senhorita e exprimem uma verdadeira máxima existencial.

Para o bem e para o mal, inclusive.

Eu verdadeira e modestamente te parabenizo e agradeço por compartilhar algo tão profundo e poderoso conosco, senhorita Lika... E aproveito o ensejo para dizer que adorei conversar contigo séculos atrás...

Atenciosamente,

Um ser a recordar de uns raros, bons e preciosos segundos agora, Diablair.

Postado 22/07/16 21:25

Hey Diab, tudo bom? Como vai você? Há tempos que não nos falamos mesmo! E sua foto continua a me assustar hahaha

Fico imensamente feliz que o texto tenha lhe tocado de alguma forma, Adoro fazer com que o leitor tenha alguma memória revivida. Muito obrigada, de verdade, por deixar este comentário tão significativo para mim e pelos elogios, pode ter certeza que fez alguém sorrir hoje!

Beijos <3

Postado 22/07/16 21:09

Gostei.

O início é muito bonito.

Parabéns.

Postado 22/07/16 21:25

Muito obrigada, Paula, fico muito feliz com suas palavras!!

Beijos <3