Declaração à luz do Sol
Giordano
Tipo: Lírico
Postado: 19/03/16 17:27
Gênero(s): Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 8
Comentários: 4
Total de Visualizações: 801
Usuários que Visualizaram: 12
Palavras: 190
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Declaração à luz do Sol

Nem te falo moça,

Mas apaixonei-me por ti.

Esses teus olhos negros

Que como por empuxo

Contradizem a gravidade,

Atraem a mim até mais que o planeta aos meus pés,

Não te minto, já sonhei com nosso noivado,

Casamento, filhos, casa e terraço.

Sei que te pareço meio apressado,

Mas é que sou por assim mesmo,

Meio alucinado, me perco por esse mundo,

Dentro de todo esse ar,

Meus pensamentos flutuam como em um espaço,

Livre de atrito, viajo vagamente constante,

Intermitente, sem atrasos

Ou rotas a serem erradas.

O sol que agora bate forte no rosto,

E fatiga meus olhos perdidos no vão

Desperta a mim.

Outro devaneio e mais uma parada perdida,

Desço na próxima como sem falta,

Sonhar acordado não me permite chegar me casa,

Ou acordo de vez

Ou ando por vários metros já percorridos,

De qualquer modo, o que me sobra é tempo,

Talvez delirar com algo mais não faça mal,

De todo mal que pudesse ser feito,

O Sol já faz ao me acordar,

Mais uma casa para reconstruir,

Mais uma família para refazer,

Mais uma vida para criar,

Mais um heterônimo para morar.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Isso é tudo pessoal! (That's all folks!)

Apreciadores (8)
Comentários (4)
Postado 19/03/16 18:39

Uma pessoa sabe nem o que achar depois de uma coisa dessas. D8

Postado 20/03/16 14:54

Os leitores sabem nem o que dizer.

Postado 20/03/16 16:32

Tô mei sem graça aqui o que é que eu respondo, alguém me ajudaa!

D :

Postado 20/03/16 16:36

Oush, se n sei nem o que dizer pra te elogiar tu me pede ajuda pra responder os elogios? qqq

Postado 20/03/16 15:33

Bah, muito bacana o texto. Me vi um pouco nesse "sonhar acordado". Muito bom. Parabéns!

Postado 30/01/24 19:52

É tão lindo que me deixou boquiaberta, moço