Dias de Ausência
Sabrina Ternura
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 09/01/18 00:23
Editado: 29/09/23 23:31
Gênero(s): Drama Romântico
Avaliação: 9.8
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 5
Comentários: 4
Total de Visualizações: 653
Usuários que Visualizaram: 8
Palavras: 261
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Dias de Ausência

Hoje o céu não me sorriu e o sol nem fez questão de aparecer, mas continuei pensando em você.

Tudo no mundo parecia estar conspirando para que meu dia girasse em torno de alguém que não está ao meu lado e me pergunto se isso é o destino ou somente o universo tirando onda comigo.

No começo, apenas sentia vontade de ficar com você. Era algo tão pequeno que não fazia muita diferença. No entanto, aos poucos, a sua sutil presença deixou de ser mínima e tornou-se imensa. Todos sabem que sou feita de exageros, mas o sentimento em meu peito não era algo que me preenchia, mas que me transbordava. E de repente comecei a pensar na gente em meio a tantas confusões em minha mente.

É errado da minha parte sentir saudade? Seria exagero sentir falta do seu cheiro? É completamente estranho, violentamente assustador e parcialmente forte a dor que sua ausência me causa. Acho que vou te trazer para morar na minha casa, assim a saudade parte, mas dessa vez não vai ser o meu coração.

O céu não me abraçou hoje e nem o sol veio me dar bom dia, somente senti uma enorme ventania que sussurrava seu nome nas janelas de casa e não me deixava dormir. Queria estar ao seu lado, deitar no seu colo e escutar alguma música no rádio ou até apreciar o silêncio do seu abraço apertado, mas você não está mais aqui e tudo que me resta é fazer festa com a solidão, enquanto a saudade aplaude a minha bela encenação.

❖❖❖
Apreciadores (5)
Comentários (4)
Postado 09/01/18 22:49

Você é feita de magia e encanto, transbordando quaisquer sentimentos e brincando com as palavras de tal forma que mexe com a cabeça e o coração dos leitores. O céu não me coloriu hoje e nem o Sol veio me aquecer, porque esse textinho me deixou bem na bad.

Desculpa roubar sua frase e adaptá-la no meu comentário, mas eu amei dando esse ênfase que não poderia deixar de citá-lo. E de fato, quando você tenta esquecer certa pessoa, é como se o universo conspirasse contra: tudo te lembra, desde a cor até o clima, até mesmo o horário deixa você meio paranóica.

É uma saudade que não passa. Uma saudade de algo que se foi e não volta mais, deixando para trás lembranças marcantes e um vazio no coração de quem permaneceu.

Postado 10/01/18 14:55

Que bom que gostou. Obrigada ❤

Postado 10/01/18 16:32

Eu acho que não preciso dizer que gostei muito mais da parte da Tristeza, certo? Essa pegada triste e meio que sem esperanças é tão bonita que eu até esqueço que tem algumas faíscas de amor meloso nesse texto. #corre

Parabéns!

Postado 10/01/18 22:09

Obrigada ❤

Postado 16/01/18 19:51

Nem errado, nem exagero, muito menos estranho... Apenas natural que o ser humano queira aquilo que lhe faz sentir bem, independente da situação atual...

Novamente, belo texto :*

Postado 16/01/18 20:06

Obrigada ❤

Postado 02/02/18 18:13

Que coisa mais mansa, uma tristeza que quase te faz amar senti-la.

Maravilhoso!

Postado 08/02/18 12:04

Obrigada ❤