Como poderia eu viver?
Pequena Estrela
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 18/04/19 11:23
Gênero(s): Drama Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 0
Comentários: 1
Total de Visualizações: 671
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 160
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Apenas decidi expor mais ainda através de um conto, a mente humana, a mente pertubada um fragmento dela...

O meu fragmento.

Capítulo Único Como poderia eu viver?

Como poderia eu viver se tu, tiraste tudo de mim?

Minha alma não é mais minha.

Nada mais é meu, nem mesmo minha própria vida.

Meu espirito foi quebrado, dividido em fragmentos da noite para o dia.

Não encontro-me mais.

Apenas cacos e cacos do que um dia fui, sequer posso reconstruir-me!

Ser uma nova versão de mim está fora de cogitação, queria ter minha forma antiga.

A versão que quebraste sem compaixão...

Encontro-me em meu leito, após horas e horas de reflexão.

E com o papel e caneta na mão, começo a escrever, rasgar os escritos, e reescrever.

Um ciclo doentio da mais pura falta de paz encarnada.

E sem saber de mais nada, busco incessantemente....

As peças que voaram longe, as que procurava.

Até a morte as procurarei.

Quero apenas ser quem um dia fui, um dia poderei voltar?

Como poderei eu voltar á vida? Foste minha ruina, minha morte de espirito.

E só resta carne a vagar.

❖❖❖
Notas de Rodapé

apenas digo-lhes uma boa tarde.

É apenas isto que tenho a dizer.

Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (1)
Postado 18/04/19 11:28

Profundo, sinto algo de especial e unico aí . Algo que eu não havia visto nem percebido antes. Foi indelicadeza fazer o que fiz.

Perdoa-me

Postado 18/04/19 11:51

Você não fez nada, pare de se culpar....