A vista da morte do amor
Pequena Estrela
Tipo: Lírico
Postado: 30/01/24 20:02
Editado: 30/01/24 22:42
Gênero(s): Drama Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 40seg a 53seg
Apreciadores: 1
Comentários: 1
Total de Visualizações: 182
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 107
Não recomendado para menores de dez anos
Notas de Cabeçalho

Decidi trazer algo diferente, apreciem

Fiz isso junto da Girassol, algo em dupla, vejam a parte dela!

Capítulo Único A vista da morte do amor

Da janela mais alta do palacio

vi a morte sorrir, senti asco

mamãe mandou eu desviar o olhar

princesas não devem chorar

mas olhei, até acabar

aquele que me jurou amor

ele iria morrer

a dor era tão real

quanto a falta de sua realeza.

um samurai

uma princesa

não podem se misturar

o sangue que de mim escorreu

dele, iria jorrar.

"Mino, senhora Mino, venha tomar seu chá"

disse a serviçal

mas foquei pela ultima vez naqueles olhos tristes

me encaravam

antes da morte o trespassar

ao publico

cru, sem piedade

o amor na verdade

morreu com ele

se gravou em mim

para toda a eternidade.

❖❖❖
Notas de Rodapé

É isso

Apreciadores (1)
Comentários (1)
Postado 13/02/24 18:41 Editado 13/02/24 18:42

Tristeza e beleza se misturam em seu poema...

Consegui visualizar a cena: tristeza, dor, angústia e provavelmente eterna culpa...

O amor faz cada coisa com a gente, principalmente quando o final é infeliz...

Obrigada por compartilhar conosco!

Postado 21/02/24 21:21

Obrigada pelo comentário, fico feliz que tenha capturado a essencia do poema, a intenção foi passar as emoções ditas por você; culpa, amor, tristeza, dor, angustia, e até mesmo conformação. Afinal, que outra opção haveria para uma princesa sem escolhas?

Mais uma vez, obrigada por ler!