Bem-vindo ao sistema
Marina Rodrigues
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 30/05/16 23:15
Editado: 30/05/16 23:29
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 2min a 3min
Apreciadores: 5
Comentários: 2
Total de Visualizações: 1426
Usuários que Visualizaram: 14
Palavras: 385
Este texto foi escrito para o concurso "Rei do Mundo" No Concurso de Contos Oficial da Academia de Contos – Rei do Mundo, o autor terá chance de escrever e publicar um conto que narre alguma situação em que o sentimento de superioridade, de Rei do Mundo, se aflore e se prolifere. Ver mais sobre o concurso!
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Altamente não recomendado para quem não entende IRONIAS, que fique bem claro.

Capítulo Único Bem-vindo ao sistema

Bem-vindos ao sistema. Alinhem-se em fila, por favor. Mais um menino para a contagem, ótimo! Entreguem-lhe paletó e gravata — azul, de preferência — e lhe ensinem o patriarcado, por obséquio. Ah, a próxima é uma menina, que pena, deem-lhe um vestido rosa e ensinem-a a pôr-se em seu lugar, afinal o lugar de mulher é na cozinha. É apenas uma criança! Esqueci! Deem-lhe uma boneca e um conjunto de panelinhas e o serviço vai ser feito por si só! Qual o próximo da fila? Um menino! Vai ser pegador! Coisas de meninos e coisas de meninas, por favor.

Qual o sistema? Capitalista, já disse! Estado laico, mas se ajoelhem todos perante a cruz — em nome do pai, do filho e do Espírito Santo, todos repitam comigo: amém. Depois de rezar três pai nosso e duas ave Marias, não esqueça de gritar bem alto "Bandido bom é bandido morto", aí está a fórmula do patriarcado. Depois, vá ao congresso votar contra o aborto, mas não se esqueça que hoje tens tens que sair mais cedo do trabalho para fuder aquela puta barata naquele motel de esquina e depois chegar em casa a tempo de dar nos filhos um beijo de boa noite e escolher com a sua mulher o próximo papel de parede da sala, porque mulher boa é aquela que se preocupa com assuntos da casa, essa é para casar e levar aos almoços de família nos domingos.

Olha aquele veado! Tudo bem ser gay, pode dar o cu para quem quiser, mas não na frente dos meus filhos e não lá em casa! Tudo bem ser gay, mas não pode ser afeminado. Não à ideologia de gênero!

Tinha que ser preto, se não faz merda na entrada, faz na saída — o cúmulo da hipocrisia.

Coitada, precisa emagrecer! Para de comer, você tá muito gorda! Como um homem vai se atrair por você assim? — pensei que fossem se atrair pela minha alma.

Olha aquele mendigo, teve tantas oportunidades! Olha o ceguinho! Olha aquele retardado! Olha aquele traveco! Olha aquele aleijadinho — são todos pão e circo. Mas pão para a elite e a migalha aos pobres! Circo de Solei versus o picadeiro da câmera dos deputados. Ode ao patriarcado. Ode à família tradicional brasileira. Eles se dizem os reis do mundo, então somos a coroação dessa estupidez.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Bem, não sei se ficou de acordo com o que esperavam para o concurso, mas eu resolvi me arriscar ;)

Apreciadores (5)
Comentários (2)
Postado 31/05/16 21:47

Show, muito bom!!!

Parabéns

Postado 25/01/17 12:20

Mariana, um excelênte retrato do nosso cotidiano fatidico e amaldiçoado. Belo texto, parabéns.