Notas do cansaço (Em Andamento)
Calígula
Usuários Acompanhando
Tipo: Romance ou Novela
Postado: 11/06/18 10:46
Editado: 13/06/18 14:29
Gênero(s): Reflexivo
Tags: Cansaço
Qtd. de Capítulos: 3
Cap. Postado: 11/06/18 10:46
Cap. Editado: 11/06/18 23:39
Avaliação: 9.67
Tempo de Leitura: 28seg a 38seg
Apreciadores: 2
Comentários: 2
Total de Visualizações: 137
Usuários que Visualizaram: 5
Palavras: 77
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Notas do cansaço
Notas de Cabeçalho
- I - Primeiro cansaço

Penso que abandonei os entusiasmos de outrora. Ou talvez ainda os guarde em qualquer lugar, um calabouço algo escondido, um tanto secreto para mim mesmo, onde os possa torturar sem sequer saber, fazê-los ver e sentir, lamentarem sobre os acontecimentos que deixo passar, sobre as vitórias ou derrotas que faz muito se tornaram tão indiferentes, tão inúteis: sobre as lembranças daquilo que em outros tempos poderia ao menos ter desejado ser, ou acreditado que ainda poderia desejar.

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (2)
Postado 12/06/18 17:26

É com muito pesar que leio estas linhas, não pela essência desgraçada e desgraçante das mesmas ou por ter me identificado em pensamentos e sentimentos (ou ausência de um ou outro ou ambos), mas tão somente por elas me lembrarem uma saudosa e agora inacessível deusa...

Oh, Satã... Quanto dela... Quanto de nós há aqui! Isso é belo. E isso é triste, de uma maneira ou de outra.

Miserabilidade existencial é a pior coisa que alguém pode sentir acerca de outre e, acima de tudo, de si mesmo(a). Pelo Inferno, se é...

Muito obrigado pela punhalada gélida e meus parabéns por esta obra tão sincera, meu Mestre/Irmão.

Atenciosamente,

Um ser cansado até mesmo do cansaço, Diablair

Postado 13/06/18 14:15

Isso aqui é meu exorcismo, irmão. Talvez possa ser até mesmo o nosso... O que será exorcizado nele, porém, se os demônios ou nós mesmos, ainda está para se descobrir.

Obrigado por estar aqui.

Postado 12/06/18 19:09 Editado 12/06/18 19:10

É impressionante o que tu conseguiu fazer com poucas palavras. De fato, isso só confirma ainda mais minha admiração pelo autor talentoso que nos presenteou com mais uma de suas obras reflexivas e que descrevem tão bem a todos nós.

Meus parabéns pela iniciativa! Ansiosa pelo o que vem por aí ♥

P.S.: Adorei a música. Ela casa perfeitamente com o texto e com a atmosfera que o ronda.

Postado 13/06/18 14:20

Poucas palavras, de fato... talvez seja o cansaço.

Obrigado pelas considerações, Sabrina, de coração; e também por se dispor a acompanhar. Espero alcançar as expectativas.

(Alegra-me muito que tenhas adorado a música. É umas das mais queridas para mim, e me faz muito bem compartilhar isso com alguém.)