Presentes
6 de Janeiro
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 21/03/21 06:14
Editado: 21/03/21 06:17
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 1min a 2min
Apreciadores: 5
Comentários: 5
Total de Visualizações: 287
Usuários que Visualizaram: 8
Palavras: 296
[Texto Divulgado] "Luna Nostra" Um trilionário terráqueo visita velhos amigos de outro mundo em busca de socorro.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Lá vai mais uma dose de histeria amorosa.

Me desculpe R, sei que preciso parar de escrever sobre você e sabendo que você lerá algum dia, saiba apenas que eu agradeço por te ter em minha vida. E que cada palavra é mais sincera do que deveria ser.

Capítulo Único Presentes

Preciso parar de me lembrar dos nossos dias, cada vez que a tristeza me atormenta - a todo instante.

Procuro por resquícios seus em meu corpo, seu cheiro em minha memória, seus longos cílios, sua voz que parece transmutar de acordo com a empolgação, suas histórias intergaláticas, as batidas do seu coração sussurrando em meu ouvido - quando eu te abraçava.

Você continua insistindo em me fazer feliz; grandiosas doses de serotonina e um jeito diferente de me desejar bom dia, todos os dias.

Leituras malucas de madrugada, RPG web-weed-high-tech, vídeos de terror, risadas que explodem nos fones de ouvido e a sensação de que estamos um perto do outro.

Me pergunto até que ponto meu coração aguenta e se pareço mesmo tão difusa da realidade quando estou fantasiando nossas probabilidades.

Me pergunto se você também se indaga.

Eu te quero a cada dia, envergonhada por isso, pois você é a pessoa mais interessante e quebradora de expectativas que já conheci em toda vida.

E, ah, querido R, eu me empolgo, ah, como me empolgo!

Como se eu fosse uma adolescente, recém chegada no amor, como se eu não tivesse passado por abandonos e traumas, como se eu não tivesse andado por uma ponte turbulenta durante mais de três anos - até te encontrar. Como se você fosse a solução para todos os problemas que eu tenho e como se fosse uma passagem só de ida para a felicidade e amor eterno.

Como se eu realmente acreditasse em tudo isso...

Parte de mim, crê, parte de mim, ainda tenta sobreviver ao mundo real.

Homem da letra R, seria mais fácil se você simplesmente me tratasse mal, pois não sou boa em aceitar presentes divinos.

Mas meu desejo mais juvenil, verdadeiro e insano, é que você realmente, seja um deles

❖❖❖
Notas de Rodapé

BO-I-O-LI-NHA por este homem, mas sinceramente, vocês também se apaixonariam.

Obrigada por preverem o futuro comigo.

Apreciadores (5)
Comentários (5)
Postado 21/03/21 20:57

Ai meu cocoro, Seis!!!~

Não sei como comentar esse amor de conto, menina! Você sai da parte mais inocente de um relacionamento até a mais insana parte da imaginação AHAHH~

Eu adorei! Agradeço por compartilhar sua obra, ficou incrível!

Asssinado uma pequena vampira que também já se apaixonou por um homem de letra R, <3

Postado 23/03/21 19:23

Eita menina! Tá caidinha mesmo...

Saudades desse sentimento de ficar caidinha por alguém...

Seu texto realmente nós passa essa angustiante expectativa e dúvida: vai dar certo, não vai?

Se depender da torcida vai dar casório!!!

Beijinhos recheados dos mais belos desejos de felicidade!

PS: que melação, acho que seu texto me afetou... Kkkk

Postado 24/03/21 02:40 Editado 24/03/21 08:52

Se apaixonar não é para os fracos e nem para os medrosos, quanto mais para os mal remendados...

No more. Just... No more.

Ademais, bem sabes o que penso e sinto acerca da obra e da situação, então só me resta lhe parabenizar por esta radiante obra, preciosa Huldra! Parabéns tanto pela obra quanto pelo advento e desde sempre, desejo toda a felicidade para o casal!

Postado 28/05/21 13:40

Aaawwnnt que coisinha mais fofa temos aqui * --- *

É tão bom poder ler palavras tão sinceras sobre o amor, mesmo que fique aquela indagação de "será que eu deveria acreditar no amor", eu te respondo que sim!

E eu desejo do fundo do meu coraçãozinho que o seu desejo juvenil seja o desejo da vida de vocês, que vocês realizem juntos, sempre, amando muito um ao outro <3

Até dar em casório, como disse certa pessoinha ali em cima hahahaha

Um grande abraço <3

Postado 13/05/22 19:31

Eu sinto em meu peito um conforto que não conhecia, até ler seus textos.

Quando escrevo, uso tantos paradigmas, tantos códigos e desconstruções, que me esqueço da simples e bendita escrita emocional.

Volte a escrever, e volte a nos inspirar, Huldra!

01011001 01101111 01110101 01110010 01110011 00101100

Sjow

Outras obras de 6 de Janeiro

Outras obras do gênero Cotidiano

Outras obras do gênero Crônica

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Poema