Gota de Felicidade
Julih
Tipo: Lírico
Postado: 11/03/16 18:11
Editado: 03/03/18 23:03
Gênero(s): Cotidiano Poema
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 33seg a 44seg
Apreciadores: 10
Comentários: 9
Total de Visualizações: 434
Usuários que Visualizaram: 13
Palavras: 89
[Texto Divulgado] "O olhar de Jurema" Jurema, uma brasileira comum, tem seu dia a dia e sua reflexão sobre sua vida narrada neste conto, que visa mostrar uma breve descrição do brasileiro em geral.
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Então, espero que gostem desse meu pequeno texto :D

E claro, tenham uma boa leitura o/

Capítulo Único Gota de Felicidade

Estava ali, deitada tranquilamente no meio do sofá. Dormia um sono leve e delicado.

Meus passos próximos a acordaram.

Se esticou e me olhou, voltando a dormir.

Cuidadosamente, me deitei ao seu lado.

Amava deitar ao seu lado, seu corpo era quente e trazia a sensação de paz.

Acariciá-la era minha atividade favorita, a mais encantadora de todas.

A maciez do toque, nada se equivalia a isso.

Parecia um pequeno pedaço do paraíso, nas minhas mãos!

E então, ela começou,

esticou suas patinhas, com suas almofadinhas rosadas

e ronronou.

❖❖❖
Apreciadores (10)
Comentários (9)
Comentário Favorito
Postado 12/03/16 04:25

Tinha plena certeza logo no início do conto de que a senhorita se referia à sua querida felina nesta obra! Todavia, tal fato de modo algum diminui a qualidade da mesma, sendo possível ao leitor captar com facilidade e delicadeza todo o carinho e apreço que o(a) personagem nutre pelo alvo de seu afeto.

Parabéns por conseguir transmitir tanto com algo tão breve! Uma vez mais, a senhorita executou um belo trabalho narrativo/descritivo aqui!

Atenciosamente,

Um ser que só conta com um pedaço do Inferno ao seu alcance, Diablair.

Postado 12/03/16 12:11

Obrigada pelo comentário lindo, Fofoblair! <3

Postado 11/03/16 18:13

Hahaha muito bom Julih!

Me pegou de surpresa, e adoro textos que fazem isso :)

Postado 11/03/16 18:17

Hahahaha, ainda bem que gostou o/

Comecei a escrever quando fiz algo parecido com a narração do texto com minha gata. Te digo, para mim, a sensação é igual a do texto, senão mais. :D

Postado 11/03/16 18:47

Que coisa mais fofosaaa! Só não é mais que a gatita que te inspirou! <3

Postado 11/03/16 21:28

Obrigadaaaa <3

Postado 21/04/16 22:12

Gente, mas a minha Babe Juh gosta mesmo de brincar com as palavras e brincar com a gente iashdiuashda

Owwnt, meu Deus, toda a sua fofura está contida aqui nesse texto. Eu pensava sinceramente que seria a demonstração de amor de um namorado/marido olhando a sua namorada/esposa, mas não, é um daqueles textos na qual a gente se identifica, porque nada mais satisfatório do que observar momentos assim: nossos animais, em questão, a sua gatinha, praticamente dormindo e tranquilos em seus próprios mundos.

É quase palpável o carinho perante o gatinho. É tão fofo em sua mais simples e pequena existência. Parabéns ♡

Postado 21/04/16 22:24

Obrigada <3 Minha fofura foi elevada à fofura da gatinha, Myo, aquela linda <3

Postado 03/06/16 14:14

Esse final fofo me emocionou

Postado 03/06/16 23:43

Fico feliz com isso <3

Postado 10/09/16 16:19

Gostei dk poema, simples e delicado, mostra afeição, goste! Parabéns!

Postado 10/09/16 16:40

Muito obrigada! :D

Postado 12/09/16 20:18

Por mais que sua gata seja bem maligna às vezes, acredito que esse poema mostre um lado fofo dela que raramente aparece. Olha só, que momento lindo <333

Fofo como sempre, mana u-u

Postado 12/09/16 22:56

Então, ela é um demônio amável <3

Postado 08/10/16 15:34

Delicado e simples, e quase caio no finalzinho. Muito doce, é um dos que eu escreveria na parede do meu quarto.

Postado 08/10/16 19:00

Obrigadissíma <3

Postado 29/01/17 04:19

Simmmmmmmmmmmmmm, que coisa mais verdadeira, se tem uma coisa quentinha que consegue acariciar cada cantinho da minha alma, com absoluta certeza, essa coisa ronrona e tem bigodinhos. <3

Postado 29/01/17 12:23

São lindos, não são? <3