Café
Cria de Minerva
Tipo: Lírico
Postado: 27/07/19 18:08
Editado: 27/07/19 18:50
Gênero(s): Cotidiano Reflexivo
Avaliação: 9.5
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 5
Comentários: 6
Total de Visualizações: 633
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 195
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Café

A vida é feito café, vezes doce, vezes amarga.

É triste ver o quanto falta açúcar na vida das pessoas, poucas pitadas bastariam.

Quando criança, e a água do café está fervendo junto do açúcar, somos totalmente puros e doces. Corremos pela rua sem medo algum, as vezes adquirimos um joelho ralado, um dedo quebrado, mas nunca um coração partido.

Já durante a adolescência, o café está sendo coado. O cheiro atraí os bons amigos, resulta em boas reuniões. Mas uma hora, o café terminará de coar.

E então, terminou.

A fase adulta chegou e, infelizmente, todo o açúcar ficou preso ao filtro, o delicioso cheiro ficou no passado, os bons amigos se foram com a fumaça. Tudo que resta agora, são as borras de café que me lembram de um passado distante, me resta um café frio, que desce com o odioso sabor amargo da vida.

Sempre pensei que conseguiria comprar uma garrafa de café nova, talvez até uma térmica. Dessa forma, eu conseguiria fazer durar um pouco mais, mas não me restou tempo. O tempo se tornou escasso diante de tantas preocupações. E, quando assustei, eu já estava tão frio quanto o café.

❖❖❖
Apreciadores (5)
Comentários (6)
Postado 30/07/20 21:37

Uma das formas mais incríveis de entender a vida é poetizando sobre ela. A metáfora da mesma presente nestas linhas é palpável e leva o leitor a uma profunda e intensa reflexão sobre o caminho que ele próprio trilhou até então. Além disso, usar o café como canalizador dessa metáfora tornou tudo ainda mais poético - particularmente, eu amo café e todas as expressões poéticas que ele contempla, rs.

Apesar de curto, o poema carrega em suas entrelinhas imensidões e é tão bom se entregar a elas enquanto lemos. O eu lírico nos chama para pinçar os próprios acontecimentos de nossa jornada e definir em qual ponto do processo do cafézinho da vida estamos. É lindo ler sobre algo que todos nós compartilhamos igualmente e, ainda assim, de uma forma tão singular.

Obrigada por compartilhar essa obra magnífica conosco! Parabéns ♥

Postado 20/10/20 23:23

Eu não sei nem como responder um comentário tão amoroso e tão bonito, de coração. Obrigada por apreciar e direcionar palavras tão afetuosas. Já vejo em você, uma amizade. E pode ter certeza que esse comentário foi o açúcar no café de hoje, que estava bem amargo. Fico extremamente feliz em ter tocado seu coração de alguma forma ♥

Postado 17/08/20 22:25 Editado 17/08/20 22:26

Não sou fã de café, mas me tornei fã do seu poema. É uma ótima reflexão.

Parabéns!

Postado 20/10/20 23:25

Que felicidade ao ler isso :)

Fico feliz em poder contribuir com um momento do seu dia. Obrigada ♥

Postado 27/10/20 14:46

Brilhante, brilhante, brilhante. Usar o café para descrever as etapas da vida é definitivamente genial. Eu brinco dizendo que algumas pessoas são café quente, outras forte, etc.

E sim, amo café ❤

Você parece mandar muito bem nas metáforas. Quando não é outubro desse tipo de texto que eu me nutro. Há filosofia, há poesia, há vida. Tanta beleza e substância num único ato do cotidiano... Acabo de me tornar seu fã. Quem escreve assim com certeza tem mais a dizer.

Postado 18/11/20 20:43

Seu comentário, definitivamente, foi um torrão de açucar para um café recém passado, o que faltava em um dia chuvoso. Me enche de felicidade que eu consiga causar sensações tão genuínas em alguém.

Muito obrigada por apreciar o meu trabalho e, com toda certeza, prometo não te decepcionar nos próximos ♥

Postado 02/11/20 16:24

Primeiramente, café é vida. :')

E bem, a analogia que você fez com ele foi incrível. Um texto que passa muita verdade através de algo simples. Embora não deixe de ser uma reflexão profunda. Que a vida seja saborosa como um bom café. :')

Meus parabéns! <3

Postado 18/11/20 20:45

hahahahah, eu concordo plenamente com você! Café é vida mesmo!

Muito obrigada pelo comentário tão carinhoso, achei de uma fofura sem tamanho. ♥

Postado 02/11/20 18:28 Editado 02/11/20 18:37

Genial a forma como você apresentou a vida pareada com a café.

Sua perspectiva foi perspicaz, criativa, intimista, mas bastante pessimista...

E se você olhasse por um outro ângulo?! Assim como o café pode estar presente em inúmeras receitas e enquanto bebida apresenta as mais incríveis variações, tal é a vida!

É preciso coragem para deixar o lugar comum e se entregar às possibilidades... O café frio você já tem, mas com um pouquinho aqui, uma coisinha ali, eis que pode surgir algo novo e assaz prazeroso...

Na fase atual da vida, de repente, num dia qualquer você descobre o café gelado, fina iguaria!

Aqui em casa amamos uma cafeteria e os diferentes tipos e possibilidades da bebida fria: Moccha, Belga, Frapucchino, Blue coffee, Suíço, enfim, são muitas as possibilidades e variedades...

Tira o foco da borra, saí do casulo, ouse ir onde nunca pensou e não se incomode tanto com o preço, pois degustar, inda que mensalmente, vale muito a pena!

Mesma coisa prá vida, deixa a tristeza de lado, se arruma, se cuida, veste seu melhor sorriso e ouse andar por outros caminhos...

De repente você encontra um chantilly, um sorvete de creme, um licor ou um conhaque, que junto ao seu café frio ( desânimo), podem tornar vida mais caliente ou deliciosa e quiçá ambos!

Que venham novos amores, novos sabores e que você encontre força e ousadia para descortinar um mundo de possibilidades!

Postado 18/11/20 20:52

Pois saiba que seu comentário foi muito mais acolhedor, até mesmo, que o cheiro do café. Confesso que quando escrevi, estava mesmo sendo um pouco pessimista, até começar a experimentar um pouco do que cada cafeteria tem a oferecer. Só falta o sorvete de creme, hahahaha. Mas confesso que em alguns momentos, só jogando vodka mesmo, viu?

Mas, brincadeiras a parte, eu gostaria de agradecer por palavras tão bonitas e cativantes. Um comentário doce, na medida certa. Assim como gosto do meu café. Espero que eu possa fazer parte de um pedacinho do seu dia com outros textos, só não prometo que serão todos tão doces quanto seu comentário! Um abraço ♥

Postado 17/11/20 21:09

Olá, senhorita Minerva!

Antes de falar sobre o texto, preciso confessar: eu não gosto de café hahahaha

Mas preciso dizer que mesmo não gostando da bebida, eu amei completamente o seu lindo texto!!

Sua forma de escrever é tão bonita, e suas metáforas são maravilhosas!

"Mas uma hora, o café terminará de coar" - essa frase veio e me atingiu em cheio na alma, a transição da adolescencia para a vida adulta é tão triste...

Te dou os parabéns e te agradeço por você ter escrito esse texto tão belo!

Um grande abraço <3

Postado 18/11/20 20:54

Veja bem, já comecei tomando susto. Como assim, não gostar de café? Mas as palavras que vieram a seguir foram muito melhor do que qualquer cafeteria pudesse me ofertar. Muito obrigada pelo carinho e por gostar da minha obra, comentários como o seu são tão leves e brandas como a brisa de verão que nos abraça pela manhã. Novamente, muito obrigada, esse comentário me encheu de felicidade.

Um beijo ♥