Delfínio
Victoria C
Tipo: Lírico
Postado: 22/01/20 12:09
Gênero(s): Poema Romântico
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 25seg a 33seg
Apreciadores: 0
Comentários: 0
Total de Visualizações: 58
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 67
[Texto Divulgado] "Querida Ansiedade" Olá, eu sou a pessoa que, às vezes, você prejudica. Então, estou escrevendo essa carta para deixar claro uns assuntos.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Delfínio

Das rosas ao teu sorriso

Dos lírios brancos ao tom da tua pele;

No outono as pétalas se desfloram

E nas noites de verão o teu alvor se acentua.

Até mesmo as mais belas flores que exalam

o mais doce e profundo dos aromas,

quando desabrocham na primavera,

definham no inverno;

Mas tu, que tens a beleza de um delfínio, não desfalecerás

com o decorrer das estações.

❖❖❖
Apreciadores (0) Nenhum usuário apreciou este texto ainda.
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!