Banquete
Meiling Yukari
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 19/10/20 16:31
Editado: 05/05/21 17:43
Avaliação: 9.16
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 7
Comentários: 6
Total de Visualizações: 421
Usuários que Visualizaram: 11
Palavras: 200
[Texto Divulgado] ""
Não recomendado para menores de dezoito anos
Notas de Cabeçalho

AVISO: TEXTO MUITO FORTE PARA PESSOAS SENSÍVEIS. VIOLÊNCIA EXTREMA E BRUTAL.

Favor não ler caso tenha medo de sair sequelado com a tortura aqui presente. Meu coração fica pesado ao traumatizar as pessoas ;---;

Dito isto, uma ótima, linda e maravilhosa leitura para aqueles que são adeptos da Doença.

O Culto a Deusa Brina: Tortura me inspirou para isso aqui hahaha, então, obrigada, Diablair <3

Capítulo Único Banquete

Finalmente havia conseguido, iria realizar seu tão sonhado momento de glória!!

Foram anos planejando tudo, e foram meses recolhendo o material necessário...

Foi muito difícil sequestrar os seis bebês, e mais difícil ainda cuidar de cada um deles.

Mas valeu a pena. Agora estava em sua residência rural, isolada de qualquer um que pudesse vir atrapalhar seus planos.

Pegou o primeiro e tacou no chão, pisando-lhe em cima com todas as forças.

Do segundo apenas decepou os braços e pernas. Do terceiro furou os olhos com garfos e espetou o corpo inteiro. Do quarto arrancou a pele com uma faca.

O quinto bebê ela tacou fogo nas pernas até derretê-las. E, por fim, com o sexto ela se permitiu brincar um pouco mais: foi mordendo e devorando vários nacos de carne.

Esse foi seu aperitivo, para abrir o apetite.

E então, com seus bebês gritando e agonizando, ela começou a preparar o prato principal.

Foi mordendo seus rostinhos gorduchos um de cada vez, para deformá-los, e enfim degolar um por um com sua afiada peixeira.

Colocou cada cabeça na panela de sopa de fubá, e os corpos no forno, depois de picotados.

Esse seria o melhor banquete de sua vida.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Muito obrigada por ter lido <3

Espero que tenham gostado <3

Apreciadores (7)
Comentários (6)
Comentário Favorito
Postado 20/10/20 22:23

Satã... Isso me lembrou uma fotografia antiga da Europa Oriental/Ocidental (perdão, não me lembro) que foi tirada em uma época de penúria e selvageria extrema.

Na fotografia, um casal havia despedaçado dois de seus filhos e estavam vendendo as partes em uma barraquinha improvisada em frente da casa deles. E o mais bizarro é que era comum a prática de canibalismo na região, tamanha a fome que assolava as terras europeias na época.

O Terror/Horror foi honrado e superado uma vez mais pela sua mente criativamente malévola, mein engel... Já podemos deslizar pelo tobogã depois dessa, com toda a certeza!

Sucinta, grotesca e impactante obra, digna de Miura ou Ito! Excelente, excelente! Meus parabéns por tal expressão de Doença, meu bem maligno!

Atenciosamente,

um ser que teve ideias com a sua ideia, Diablair.

Postado 24/10/20 12:31

Santíssimo Satã...

Essas fotografias mostrando o horror da miséria humana são tão tristes...

Agradeço imensamente por todos os seus elogios, você me deixou muito feliz * - *

Um grande abraço, de uma criatura que vai descer no tobogã do inferno de mãos dadas com você,

Meiling <3

P.S. quero ver essas ideias mirabolantes vindas de ideias que vieram de ideias hahahaha

Postado 19/10/20 17:10

Eu ri ksksksks. E ri bem, viu. Muito bem. Ou seja, bem macabro. Hahaha. Ai ai... Exatamente disso que estou falando. Exatamente. Bebês são lindos, macios e bonitos. Matar eles desse jeito foi tão hediondo. Os principados se orgulham disso. Principalmente uma senhorinha bizonha chamada abzon. Sla. Nunca gravei o nome dela. Pra mim é a senhorinha dos bebês.

Postado 24/10/20 12:33

HUAUHUHAHUAHUA

Se te fiz rir, tenho certeza que a Doença do texto foi instalada com sucesso!!

Obrigada pelo elogio sobre ter sido hediondo <3

Um grande abraço <3

Postado 21/10/20 16:17

CADÊ A CATEGORIA +1000000 ANOS? KKKKKKKKKKKKKK AMIGA, QUE TEXTO MACABRO!

É incrível a sua criatividade em abordar os temas do gênero terror. Você consegue cativar o leitor na leitura do início ao fim, mesmo que ele esteja morrendo de medo. Eu amo bebês, então fiquei horrorizada aaaaaa! Tadinhos!

Obrigada por compartilhar conosco!

Parabéns, Mei-Mei ♥

Postado 24/10/20 12:35

Ops, não temos uma categoria +1000000 anos ;---;

Seu comentário me deixou muito feliz! Obrigada por suas palavras, Divina Brina!!

Um grande abraço <3

Postado 21/10/20 23:19

Eu ia fazer uma pergunta, mas a Brina chegou primeiro. Precisa de uma categoria mais de oito mil para suportar o texto macabro que você criou, MeiLíciaaa!

Você é sinistra até o último fio de cabelo! <3

Postado 24/10/20 12:38

Aaaaaaaa, mas essa mocinha Flávia é tão gentil, fico tão grata por receber esses elogios vindos de uma especialista em massacres!!

Cada fio de cabelo meu contém um grau elevadíssimo e sinistro de Doença kkkkkk

Um grande abraço <3

Postado 24/10/20 13:26

Eu deveria ter obedecido os avisos, tadinhos dos bebês ;-;

Sinistrão, porém bem escrito, você tem talento pro mau! kosihdosidhshd

Obrigada por postar e por me traumatizar Mei.

Obra grandiosa!

Postado 25/10/20 14:30

TRAUMATIZEI VOCÊ, VOU CHORAR ;---;

Tadinhos dos bebês né... huauhahuauha

Obrigada por ter me elogiado tanto ao dizer que tenho talento para a maldade kkkkkkkk

Um abração <3

Postado 25/10/20 16:21

MEI DO CÉU, QUE AGONIA QUE ME DEU ESSE TEXTO, socorro.

O texto foi muito bem escrito, e as descrições foram bem objetivas e claras, auxiliando na criação do clima bizarro e macabro que se instalou aqui.

Eu não sei se admiro a sua criatividade ou se simplesmente fujo enquanto dá tempo...

Postado 15/11/20 12:43

Fugir enquanto dá tempo me parece ser uma ótima opção hahahahaha

Agradeço muitíssimo por seu comentário, e fico muito feliz que tenha conseguido sentir essa aflição, assim sinto que minha missão com esse texto foi cumprida!!

Um grande abraço <3

Outras obras de Meiling Yukari

Outras obras do gênero Drabble

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Erótico ou Adulto

Outras obras do gênero Suspense