Lunar
Victoria C
Tipo: Lírico
Postado: 04/03/23 15:52
Gênero(s): Poema Romântico
Tags: Poesia
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 37seg a 49seg
Apreciadores: 2
Comentários: 1
Total de Visualizações: 142
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 99
[Texto Divulgado] "Liberdade da tua Voz" Quando algo tão belo cai em nossas redes, o certo é soltar.
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Lunar

O fulgor da lua não se assemelha a ti

Pois tu és o único que para mim brilha em demasia

Em todas as estações tu estás

Refletido em meus pensamentos

Quando as folhas caem

E a brisa acaricia a minha face.

Mas as estrelas não brilham mais

Que os teus imaculados olhos

E o luar não resplandece em minha face

Mais que o teu sorriso

Ainda que eu possa conjecturar

A tua existência em meus dias

Tu não serás mais que uma simples pintura

Que apenas os meus olhos podem contemplar

Sem os meus braços que

Jamais poderão alcançar

❖❖❖
Apreciadores (2)
Comentários (1)
Postado 05/03/23 03:26

Ahhhh os sentimentos gloriosos e religiosos que uma paixão nos trás, né...Quem nunca se pegou ADORANDO a pessoa que ama?

Só é preciso ter cuidado para não se tornar obssessão, obssessivo ou obssessor...

Eu amei o seu poema Victoria, você sempre escreve com a alma!

Continue postandooo! Com carinho, Seis.

Postado 22/03/23 17:31

Há uma linha tênue... hahah Muito obrigada!