eu poderia amá-la
6 de Janeiro
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 10/06/24 12:04
Gênero(s): LGBT Poema Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 49seg a 1min
Apreciadores: 1
Comentários: 0
Total de Visualizações: 132
Usuários que Visualizaram: 2
Palavras: 133
Não recomendado para menores de doze anos
Capítulo Único eu poderia amá-la

Eu poderia amá-la

E comprar vestidos

E brincos

E docinhos

E fazer suas unhas

E trançar seus cabelos

E secar suas lágrimas

E fofocar até de madrugada

Eu poderia cuidar dela

E estancar as feridas

De seu coração que já foi partido

Tantas e tantas vezes

- Antes de mim

Poderia acariciar seus joelhos

E beijar as cicatrizes

De tantos e tantos anos

Implorando por amores

Tão abissais

Quanto o profundo

Oceano assombrado

Mas ela poderia?

Poderia olhar

Através da minha

Mente persecutória

Meu humor estérico e quebrado

Meu corpo humano e cheio de marcas de tragédia?

Beijaria minhas lágrimas

Não causaria mais nenhuma?

Fofocaria comigo

Até de madrugada?

Não julgaria

Meu gosto musical que me salva?

Entenderia minhas meias palavras?

Ela poderia?

Alguém, além de mim, poderia?

Talvez eu nunca de fato saiba.

❖❖❖
Notas de Rodapé

a solidão me fez roqueira

Apreciadores (1)
Comentários (0) Ninguém comentou este texto ainda. Seja o primeiro a deixar um comentário!