Não espere por mim!
6 de Janeiro
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 23/06/24 18:22
Gênero(s): Drama Poema Reflexivo
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 2
Comentários: 1
Total de Visualizações: 99
Usuários que Visualizaram: 3
Palavras: 196
Não recomendado para menores de catorze anos
Notas de Cabeçalho

Oh here we go again...

Capítulo Único Não espere por mim!

Estou presa

em um incêndio de sentimentos...

Mas por favor,

não espere por mim!

Tenho coisas para salvar

Antes de tudo explodir.

Morrerei em seus braços

com mais honra,

se eu tiver plena certeza,

de que nada eu perdi.

Só precisarei

de cada tábua e prego,

para construir

os sonhos que quero

realizar com você,

quando o tempo de paz existir...

Por essas coisas a salvo,

é importante interceder,

pois já deixei cair muito

durante as descargas atmosféricas,

que causaram abalos sísmicos,

bem antes de você

sentir o cheiro da fumaça,

e perceber

que é aqui que eu fico,

quando não estou

apaixonadamente seguindo

a luz que emana do seu ser.

Eu amei ceder

a um rústico e suave toque,

a um sopro que apaga

as fagulhas enfeitiçadas.

Duas luas, duas divindades

foram encharcadas

com borrifadas de emoção.

Parece ser tão surreal

quando finalmente

o afeto de outro alguém

não é ilusão...

É que as estrelas nos seus olhos,

brilham mais para mim,

que estou na escuridão.

E a profecia se sela,

com o costurar mágico

dos nossos desejos...

Mas do sol,

ainda guardo medos,

prefiro repousar aqui,

onde apenas rimo

meus segredos...

Enamorada pela solidão.

❖❖❖
Notas de Rodapé

took me out of my box

stole my tortured heart.

Apreciadores (2)
Comentários (1)
Postado 27/06/24 01:33

It was legendary :) .

Postado 27/06/24 23:20

Esse comentário e essa referência realmente me fizeram sorrir hoje, obrigada Nut <3 <3 <3