A Menina das Margaridas
Sabrina Ternura
Tipo: Lírico
Postado: 07/07/16 20:58
Editado: 10/08/16 13:57
Gênero(s): Poema Romântico
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 2min8seg
Apreciadores: 7
Comentários: 4
Total de Visualizações: 199
Usuários que Visualizaram: 12
Palavras: 279
Livre para todos os públicos
Capítulo Único A Menina das Margaridas

Ele me ligou,

eram oito da manhã.

Perguntou se eu estava dormindo,

respondi sorrindo

que não.

Fez o convite,

chamou-me para ir ao parque

e que estaria me esperando

no mesmo banco

que nos encontramos

na última vez,

daqui a uma hora.

Aceitei,

desligamos.

Fui para o quarto

em busca de uma roupa

que se encaixasse na ocasião.

Espiei pela janela,

fazia Sol.

Abri o armário

peguei as sapatilhas

e o vestido de margaridas

que nunca havia usado.

Soltei os cabelos

passei batom vermelho

e enfim,

olhei-me no espelho.

Estava bom,

"Uma gracinha", ele diria.

E não tinha problema

ele gostava de mim assim,

nua ou despida

ele olhava-me com os olhos da alma.

Saí de casa,

faltavam muitos minutos.

Decidi ir andando

a passagem não vália o ônibus

e o dia belo,

não merecia ser trocado

por um transporte tão caro.

Então, caminhei

e caminhei

até no parque chegar

e no nosso banco,

te esperar.

Dois segundos

e tu apareceu,

como um Romeu apaixonado.

Nos olhamos,

sorrimos.

Um beijo na testa,

abraço apertado

e teu olhar

denunciava seu querer.

Levantei os pés

e teus lábios

encontrei.

Beijo demorado

gosto de canela,

por pouco

não nos perdemos

naquela novela.

Nos afastamos

e tu guiou meus passos

para um local mágico.

Encontramos uma sombra

deitamos na grama

e você segurou minha mão.

Depois, veio o silêncio

a poesia estava no ar

e então,

só te ouvi dizer

"Olhe pro lado", e eu o fiz.

Surpresa, sorri

pois meu vestido

estava dançando

com as margaridas

que estavam espalhadas pelo chão

"Seu vestido combinou com a ocasião", você disse brincalhão.

Permanecemos ali,

fazendo poesia com gestos

enquanto as margaridas

dançavam de alegria.

❖❖❖
Notas de Rodapé

Leiam este mesmo relato pelos olhos do Gio, aquele lindo, no link abaixo:

http://www.academiadecontos.com/texto.php?id=1190

Beijinhos da Ternura <3

Apreciadores (7)
Comentários (4)
Postado 08/07/16 17:09

O que falar desta senhoritazinha que inspira qualquer um? Um intrínsecodom de alegrar às pessoas, mesmo quando a situação não é conveniente.

Postado 13/07/16 15:41

Agradecida, Gio, seu lindo! <3

Postado 12/07/16 01:27

Oh, gosh... Quero um botão de "amei" aqui porque olha, lindo demais. Apreciar é pouco.

Postado 13/07/16 15:42

Cê é uma gracinha, Joice! Agradecida <3

Postado 13/07/16 17:46

Ah, nossa, que coisa linda! Embelezou toda uma tarde <3

Postado 13/07/16 20:52

Agradecida, Paixão c:

Postado 25/07/16 22:41

Que fofura do caramba, que coisa mais linda <3