Máquina de escrever (Em Andamento)
Jadi Araújo
Usuários Acompanhando
Tipo: Romance ou Novela
Postado: 10/01/16 17:41
Editado: 07/09/16 13:30
Qtd. de Capítulos: 3
Cap. Postado: 10/01/16 17:41
Cap. Editado: 11/01/16 11:08
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 13
Comentários: 7
Total de Visualizações: 744
Usuários que Visualizaram: 25
Palavras: 199
[Texto Divulgado] ""
Não recomendado para menores de dezoito anos
Máquina de escrever
Notas de Cabeçalho

Revisado por Renan Magalhães e inspirado em Sugar, do Maroon 5. É um dos muitos textos que pretendo postar por aqui.

Espero que gostem e boa leitura!

I. Amargo

Fim de tarde. Papel, caneta, xícara de café. Histórias do lado de fora. Um escritor fugindo delas do lado de dentro.

Levei a xícara aos lábios e rabisquei qualquer coisa no meu caderno. Nada decente. Nunca decente. Há dias. Semanas. Meses. Eu estava amargurado. O mundo estava amargo. As palavras estavam amargas. O cheiro daquelas panquecas era amargo. Aquela cafeteria era amarga. A minha inspiração estava amarga. Aquele café estava amargo.

Ergui a mão rapidamente e chamei a atenção da garçonete. A careta que ela fez foi amarga.

A porta da cafeteria se abriu docemente. Uma história em forma de mulher entrou naquele lugar amargo. O seu rosto era doce. As curvas de seu corpo eram doces. Suas roupas coloridas eram doces. O livro que ela carregava era doce. Os seus olhos me encarando eram doces. Seu batom vermelho era doce. As sardas em seu rosto eram doces.

A garçonete que me abordou era amarga.

— O que deseja, senhor?

Meus lábios amargos se franziram em excitação. A doce mulher me dirigiu um doce sorriso. Batuquei a minha caneta amarga em meu caderno amargo. O papel clamava por palavras doces. O meu corpo clamava por doce.

— Mais açúcar, por favor.

❖❖❖
Notas de Rodapé

http://pequeninanomundodosgigantes.blogspot.com.br/

Apreciadores (13)
Comentários (7)
Postado 10/01/16 18:02

Lembro quando eu li a primeira vez. Muito foda. Melhor ainda reler :')

Postado 11/01/16 11:08 Editado 11/01/16 23:55

Awn hahah <3' Obrigada, Joy!

Postado 11/01/16 03:17

Uma excelente história, com a qual me identifico bastante. Aliás, acho que todos escritores conseguiriam se identificar com o personagem.

Só uma coisa, Jadi. O "tipo de texto" ideal aqui seria "Conto ou Crônica", pois "Romance ou Novela" deve ser usado apenas para histórias com múltiplos capítulos. Se você modificar isso a visualização do texto ficará adequada aqui.

Obrigado e até mais o/

Postado 11/01/16 11:11

Que bom que consigo fazer as pessoas se identificarem. c:

Bom, o meu intuito é justamente criar uma história com múltiplos capítulos, e eu reparei que se colocasse a opção "Conto ou crônica" isso não seria possível. Será que dá pra ajustar isso? Porque, de fato, os contos não tem ligação um com o outro, mas são todos de um personagem só. Coloquei a opção que parecia mais viável. ;)

Obrigada por ler e comentar. <3

Postado 11/01/16 14:35 Editado 11/01/16 14:42

Aaaah tá... Só agora que eu entendi que é uma coletânea. Desculpa hehe, eu achei que você tinha postado uma one-shot e selecionou o tipo errado. Tudo bem então ;)

PS: Eu devia ter lido a sinopse hahaha

Postado 11/01/16 23:55

ahuahuahuahah sem problemas, Dan :3

Postado 12/01/16 06:15 Editado 12/01/16 06:17

Definitivamente, doce. Tipo, a vida em vários momentos se parar para pensar é amarga não é mesmo? E derrepente, basta se sentir bem na presença de alguém que tudo se torna mais doce – é uma dádiva de contemplar este momento com essa pessoa.

No geral: Amei! E eu sei que é somente um mero esboço de algo maior e melhor que está por vir. Boa sorte, espero poder ler uma 'continuação'.

Postado 14/01/16 17:19

Sim, a vida é amarga. E encontrar "açúcar" (em suas formas variadas, não necessariamente no amor) é uma dádiva que temos que aproveitar. :3

Fico muito feliz que tenha gostado! De verdade! <3 Muito obrigada pelo comentário. ;)

P.S.: espero que goste da "continuação", hahah

Postado 23/01/16 20:55

Esperando o proximo :3 muito bom! amo seus textos Jadi, conheço desde o spirit e ja sigo seu brogui :3

Postado 02/02/16 19:48

Owwwn, que linda! *-* Muito obrigada, minha flor <3

Postado 07/03/16 11:42

"Mais açucar, por favor"

kkkkk não sei pq ri disso!

Adorei o texto, tanto que queria que fosse maior..

Postado 11/03/16 02:57

Queria ver se entrasse uma outra pessoa amarga no recinto... Eu pediria um revólver no lugar do grande Jack. Certeza.

Brincadeiras a parte, eu gostei bastante do que li. A narrativa é fluida e a técnica de repetição caiu como uma luva para o tipo de história contada neste capítulo. É algo bem diferente do que eu costumo ler. Bom, um pouco de açucar nessa montanha de fel não fará mal algum...

Meus parabéns, Srta Jadi! Esta obra ficou na medida exata do perfeito entretenimento dos leitores!

Atenciosamente,

Um ser que se acostumou com o insípido e o estragado, Diablair.

Postado 19/01/18 01:49

Ah, que gracinha de conto! Terminei a leitura com um gostinho doce permeando nos lábios da alma. Não existe nada melhor do que ler algo que te inspira, mas que também te deixa bem leve por dentro.

Torcendo para que o mundo amargo de Jack, torne-se doce com a chegada dessa certa moça (vamos tomar cuidado com as diabetes rs).

Parabéns, moça ❤

Outras obras de Jadi Araújo

Outras obras do gênero Cotidiano

Outras obras do gênero Crônica

Outras obras do gênero Drama

Outras obras do gênero Erótico ou Adulto