Narciso
Crow
Tipo: Lírico
Postado: 21/12/20 04:26
Gênero(s): Drama LGBT
Avaliação: 10
Tempo de Leitura: 1min
Apreciadores: 6
Comentários: 2
Total de Visualizações: 210
Usuários que Visualizaram: 7
Palavras: 168
[Texto Divulgado] "O Último Delírio de um Rei" Há muito tempo, num reino bem distante, vivia um rei que tinha dois filhos gêmeos. O rei estava morrendo, e em seus últimos dias, uma preocupação inquietava a mente do velho soberano: quem seria seu sucessor no trono?
Livre para todos os públicos
Capítulo Único Narciso

Eu olho no espelho e enxergo você em cada curva torta que meu corpo faz. Vejo os seus olhos cansados em mim, as mesmas linhas de expressão do lado da boca, uma marca quase invisível dos sorrisos — falsos. Daí vejo o cabelo, o lugar onde a gente mais difere, e começo a perceber os erros cada vez mais aparentes. Não, eu não sou como você.

É como se eu fosse uma pintura falsa, na verdade. Se chegar perto o suficiente, vai ver os erros.

E ainda assim, eu esperava que você me amasse. Esperava que dissesse que ‘tava tudo bem, que você me aceitava; mas você não aceita. Não há margem pra erro ou redenção.

E no fim só me resta a tranca do quarto, protegendo vocês da minha impureza. Libertando suas consciências de pesar com meu choro mudo.

Não importa o quanto a gente se parece, ou o quanto eu me esforço pra você me amar. Você só ama o seu reflexo refletido em mim, nada mais.

❖❖❖
Notas de Rodapé

esse texto é lgbt sim simplesmente pelo fato de que sou lgbt e estou em crise, boa noite a todos

Apreciadores (6)
Comentários (2)
Postado 06/06/21 09:02

"Você só ama o seu reflexo refletido em mim, nada mais".

O peso dessa frase é a realidade de milhares de pessoas!

Seu texto descreve com agudeza a sensação de ser usado e ao mesmo tempo ignorado.

A dor é profunda e solitária... Os narcisos da vida são cruéis...

Obrigada por compartilhar conosco!

Postado 12/10/21 14:40

Antes de iniciar a leitura, eu pensei que o narrador seria a pessoa narcisista. Já iniciei o texto tentando desvendar onde estavam as mentiras manipuladoras para eu sentir pena do narrador.

Mas não as encontrei.

E ao final entendi o motivo. É porque o narcisista era a parte, era a pessoa de quem o narrador estava falando. E fico muito triste por ele, pois se relacionar que não nos ama - que ama somente o seu próprio reflexo refletido em nós - é uma triste tragédia em nossos corações...

Adorei o texto, o modo como tudo soa melancólico e poético!

Um grande abraço <3