a reação química dos encontros
Tháiza Lima
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 20/01/17 19:04
Editado: 20/01/17 19:08
Gênero(s): Cotidiano
Avaliação: 9.35
Tempo de Leitura: 2min
Apreciadores: 14
Comentários: 6
Total de Visualizações: 764
Usuários que Visualizaram: 29
Palavras: 335
[Texto Divulgado] "Sem história " Esse é um conto bem ao contrário e entendedores entenderão as entrelinhas dele
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Então você olha as sugestões do seu amigo secreto e pensa “Hmm, vamos fazer uma salada com isso tudo” e olha do que deu. Alguém consegue adivinhar ao longo do texto quem é? c:

P.S: Leia a sinopse, porque a sinopse foi modifica em torno de oito vezes devido a constantes plot twists sobre os interesses da pessoinha cujo nome ainda será revelado. (E a sinopse podia ser o texto, só dizendo.) Boa leitura o/

Capítulo Único a reação química dos encontros

O cabelo dela chegava na cintura, era de um tom castanho tão amável e possuía cachinhos adoráveis. Ele balançava em torno do seu corpo como algas abraçando uma sereia enquanto ela dança nas correntes do mar, um marrom escuro serpenteando naquela água levemente opaca, a areia fina diluída junto do sal que queimava seus olhos por debaixo das pálpebras.

Naquele momento, eu vi apenas seu cabelo caindo no chão e seu corpo sendo levado pelo vento, os fios grossos juntando-se e se entrelaçando de modo a formar um par de asas de mariposa que a permitiriam voar para onde quisesse. Era liberdade e tinha um gosto esquisito, um pouco adstringente, o “sabor que amarra a língua”.

Noutro momento, eu a vi por trás das lentes de contato coloridas. Ela estava imersa em um ambiente amarelo, a cor do ouro e da amizade, sorrindo como alguém que possui um universo inteiro na mente e não o dividiria com qualquer pessoa, alguém que possuía uma poça de segredos e um mar de honestidade, alguém que ficaria acordada até as três da manhã para inventar uma nova língua.

Então estávamos sentadas no terraço, ambas com nossas almas miradas para a Lua e uma câmera quebrada debaixo dos nossos pés cinco metros abaixo. De certo modo, nossa aura se intercalava em padrões listrados e horizontais, listrados e verticais, formando uma confusão de linhas que se traduziram em uma captura de cena com efeito moiré.

Não importa, no entanto, o que vale são nossos sorrisos distorcidos pelos caminhos não-uniformizados que constituem uma fórmula mais complexa que quimioluminescência e tem resultado tão lindo quanto. Uma explosão de luzes quentes e frias, cores de todos os tipos, pedaços de vidro da lente da câmera fornecendo um leque de possibilidades.

O ponto de vista é das estrelas – e todos sabem que elas não têm ouvidos –, por isso ninguém escutou a pergunta que findou a reação química do nosso encontro.

Deixa eu fazer parte da sua galáxia,

enquanto rimos de alguma piada sem graça?

❖❖❖
Notas de Rodapé

Meu amigo secreto é... *TAM TAM TAM* Juh <3

Ou Julih, como está o nome de usuário.

Espero que tenha gostado, moça, perdão a brisa, tentei fazer algo especial~

Apreciadores (14)
Comentários (6)
Postado 21/01/17 03:03 Editado 10/02/17 17:15

Deu pra perceber pela sinopse e pelo título (e também porque eu tinha lido o que ela queria, hehe) que era pra Julih, lol

No geral, achei o texto meio louco, assim como a própria Química, hehe. Mas foi bem legal, interessante :3

Infelzimente, não sei muito bem o que comentar, mas tenho certeza que, assim como eu, a Julih também gostou bastante. Parabéns!

P.S.: você fez o texto pra Julih, que fez pra Malu, que vez pra você! Coincidência? (ou será que não?) lol

Postado 21/01/17 22:34

SHUAHSAUH mistério não é o que se vê por aqui então -qq

Nah, só de ter apreciado já me fez pular de felicidade, thank you <3

Postado 10/02/17 17:12

Ooi :3

Agora já coloquei o comentário de verdade qqq

Postado 20/02/17 22:07

Woow, nem tinha notado, mas agora que você falou... acho que em todo sorteio tem essas coincidências duvidosas xD (ou será que não foi coincidêndia? Fica a dúvida -q) SHAUSHAU

Se o texto foi meio louco, meu objetivo foi completo, porque, segundo meu pai: "Todo químico é meio doido" e, de certo modo, quis expressar a parte boa da loucura junto com a admiração que tenho pela minha amiga secreta :3

Obrigada pelo comentário, amore, fico muito feliz que tenha gostado (e bastante, ainda por cima, ai meldeus) *corações duplos arco-íris para ti ♡♡* (fingequesãocoloridosq)

Postado 21/01/17 12:34

Ficou tão lindoooo <3 aaaaaaaaaa

Postado 21/01/17 22:32

Obrigadaaaaa *u* <33

Postado 22/01/17 21:22

SUA LINDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

QUE LINDOOOO CHEIO DE REFERÊNCIAS <3

SUA LINDAAAA <3

ADOREI <3

GENTE <3

AMEI<3

ADOREEEEEEEIIIIIII <3

SÓ NÃO MALTRATE CÂMERAS PORQUE NORMALMENTE ELAS SÃO CARAS *chora*

ADOREIN <3

Postado 25/01/17 01:21

A câmera é ficcional, calma, SHUAHSAU

AAAAAAA FICO TÃO FELIZ QUE TENHA AMADO O TEXTO, FEZ TODAS AS ALTERAÇÕES NA SINOPSE VALEREM À PENA q <3

Brincadeiras à parte, viro uma explosão de sorrisos toda vez que leio esse comentário, sua pessoa maravilinda <33

Postado 25/01/17 01:25

MANDA NUDES

DIGO

CASA

BORA

Postado 27/01/17 18:07

"quimioluminescência"

Há quanto tempo não lia essa palavra. E certamente foi a primeira vez que li num contexto desses, heeheh.

Tá muito bom! Parabéns!

Postado 12/02/17 12:05

Ficou muito lindo!!

Postado 14/11/17 21:26 Editado 14/11/17 21:28

A menina Tháiza ataca novamente!

Os detalhes da obra são tão bem escritos que parece até estamos desenhando a forma da pessoa, até que ela, enfim, toma sua forma real no fim da obra. É como acompanhar a criação de algo que já existe. Acho que ninguém no mundo conseguiria descrever minha mana tão bem!

Parabéns, moça!

#ad01 - 56/98