Battom
Amara Helena
Tipo: Conto ou Crônica
Postado: 06/03/16 11:08
Gênero(s): Crítica Drabble
Avaliação: Não avaliado
Tempo de Leitura: 47seg a 1min
Apreciadores: 7
Comentários: 1
Total de Visualizações: 499
Usuários que Visualizaram: 13
Palavras: 126
[Texto Divulgado] ""
Livre para todos os públicos
Notas de Cabeçalho

Esse faz parte da minha coletânea ''Velhos''. São textos antigos meus.

Capítulo Único Battom

Crianças brincando com battom; adultos não sabendo como tirá-las dos jovens; idosos querendo pagar de sábios inteligentes - simplistas, é claro - e humanos dando mais bombinhas.

Uma criança briga, outra discute, uma fala e todas argumentam. As injustas ‘’igualitárias’’ dão razão à moça combattom e o falso moralista sugador, dá apoio aos homens em busca de água.

A criança seduz o bebê, e este cai por conta do seu doce arrancado e de alguém rindo de seu choro. Enquanto isso, o rapaz luta por algo melhor.

E tudo isso começou com o ganancioso, o morto, o extremista, o humano lutando pelos seus direitos; o sugador, o injusto ‘’igualitário’’ e o velho simplista ignorante.

Contudo, tu já sabes de disto, então, eu lhe pergunto: de que lado estás?

❖❖❖
Notas de Rodapé

Não gosto desse texto, porque ele é simplista. Aí tu vens e me diz: ''Mas, geralmente, a opinião ou qualquer coisa que seja simples é a correta''. Não, meu amor, não é. Na maioria das vezes, não, principalmente quando tu estás falando de política.

Só digo uma coisa: Todo mundo tem culpa nesta história. Nós apenas estamos avaliando quem tem a solução mais ética e humanamente correta - além de viável.

Não postei a interpretação aqui, pois não acho que seja necessária.

Obs: Battom é uma bombinha potente usada no dia de São João.

Apreciadores (7)
Comentários (1)
Postado 19/01/17 20:06

Seu texto pode ser simplista, mas descreveu verdades de uma maneira excelente. O melhor tapa na cara é aquele que mantém a elegância, hehe. Poxa, nem sei o que dizer! Mas ficou bom, sim, mesmo sendo curtinho.