Fórum >>Hall de Entrada >>Mural de Avisos >>[OFICIAL] Feliz Ano Novo! (e o futuro da AC)

[OFICIAL] Feliz Ano Novo! (e o futuro da AC) [ABERTO] Iniciado por D em 01/01/24 22:40
▼ FIM
D Fundador, Programador e Conselheiro da Academia 968 pontos
48 tópicos 31 proficientes
353 posts 147 proficientes

Boa noite, acadêmicos!

Espero que todos tenham aproveitado o final de 2023 com suas famílias, amigos e amados, e que 2024 seja repleto de muitas alegrias e sucessos para todos.

Imagino que os antigos já estejam acostumados com as minhas aparições e contribuições aleatórias ao longo dos anos, mas para os usuários que entraram no site recentemente e talvez não me conheçam muito bem, vou deixar uma curta introdução antes de conversar com vocês.

Me chamo Daniel, tenho 29 anos, e construí a AC entre 2015 e 2016, dando asas a uma ideia que eu carregava comigo já há muitos anos. Muitas pessoas diferentes passaram por funções de organização, moderação e administração do site desde então, e as executaram muito bem. Porém, eu sempre fui o único desenvolvedor / programador do site, e o responsável financeiramente pela manutenção do servidor, entre outras coisas. Estas obrigações minhas mantiveram uma relação de dependência direta do crescimento e manutenção da Academia com a minha agenda. E, conforme eu tinha menos tempo para o site ao longo dos anos, e menos interesse no hobby que o originou (o hobby de ler / escrever histórias originais), cada vez tive menos envolvimento com o site.

O fim de um ano e começo do próximo é um período muito significativo para mim. Pode não parecer, mas eu sou uma pessoa muito sentimental e introspectiva. E tenho refletido muito estes tempos sobre a Academia, e o seu futuro. Ao longo dos anos, eu tive milhares de ideias para reinvigorar e crescer a AC. Em muitos momentos, compartilhei com os membros da Staff todas as funcionalidades e mudanças legais que eu pretendia adicionar no site. E aí meses passavam, anos passavam, e eu nunca fazia tempo para realmente me dedicar a estas tarefas.

Onde eu quero chegar? Pra ser sincero, eu não sei ainda. Em 2024, a AC completará 8 anos desde seu lançamento oficial, e 9 desde que seu ciclo de desenvolvimento começou. E meus sentimentos com a mesma são muito diferentes hoje do que eram 8-9 anos atrás; afinal, eu sou uma pessoa completamente diferente do que era naquela época, e imagino que muitos de vocês lendo esta mensagem também são.

Todos que acompanharam o site sabem que o movimento da AC é ciclotímico. A maior parte do ano, o site tem pouca atividade, com alguns poucos textos e comentários sendo postados por semana, e poucas dezenas de usuários o acessando de vez em quando, em sua grande maioria de forma passiva. Em alguns momentos do ano, através de eventos organizados pela staff e/ou outros acadêmicos, há uma taxa de participação um pouco maior, mas sempre de forma temporária.

Pra ser sincero, isso não me incomoda tanto, e talvez seja até por isso que a AC não cresceu tanto quanto poderia. Apesar de alguns momentos mais ambiciosos, na maior parte do tempo eu me acomodei no conforto do site estar pouco ativo. Menos atividade também significa menos problemas, menos obrigações, menos tarefas para mim. Me permitia desligar do site por meses e não me preocupar com o mesmo, afinal, poucos o estavam utilizando de qualquer forma. Sei que ler isso vai chatear algumas pessoas, e eu entendo. Mas quem nunca perdeu interesse por um hobby, quem nunca perdeu amor por algo que antes amava, quem nunca se viu trocando um sonho por outro, que atire a primeira pedra.

A verdade é que a minha relação com a AC se tornou complicada ao longo dos anos. Em muitos momentos a existência da AC me trazia mais tristezas do que felicidade, e especialmente quando eu estava lidando com meus próprios problemas psicológicos, era difícil focar na parte positiva. Em certos momentos, era mais fácil fugir, tentar esquecer da Academia, do que encarar de frente os meus vários fracassos na condução deste projeto ao longo dos anos.

Não acho que minha relação com o site seja justa com os acadêmicos. E me sinto culpado pelas várias vezes em que deixei de contribuir com os pedidos aqui feitos, deixei de participar e ajudar nos projetos da Staff, deixei de arrumar problemas que os acadêmicos estavam enfrentando. Minhas falhas foram por vezes por displicência, por vezes por incompetência, e por vezes por simplesmente não ter mais a relação com o site que um dia eu tive.

Por estas e outras, venho pensando no que é melhor para o futuro da Academia, dos acadêmicos, e para mim. Não sei até que ponto devo deixar o site continuar a traçar passos tortuosos aos trancos e barrancos, até que um dia morra ao natural. Não sei se devo continuar a deixar novos acadêmicos se registrarem e tentarem participar neste espaço moribundo, apenas para logo perceberem que seria melhor postarem seus textos em outro lugar. Não sei se devo continuar iludindo a Staff com meus planos para o futuro, apenas para não implementar nada ao longo dos anos e deixando as responsabilidades do site totalmente em suas mãos.

Queria tratar todos os acadêmicos como iguais com esta mensagem, e por isso os membros da Staff estarão lendo-a ao mesmo tempo que os demais, e possivelmente serão surpreendidos com o que eu estou prestes a dizer. No fim das contas, não sei s a AC continuará a existir após 2024. Caso exista, imagino que seja de uma forma diferente: talvez como um arquivo dos textos postados ao longo dos anos, talvez apenas com suas funcionalidades essenciais, talvez totalmente resetada. Talvez como algo totalmente diferente. Eu não sei. Meus pensamentos sobre o futuro do site mudam todos os dias, mas o que se mantém é: não acho que o site deva continuar exatamente como está após esse ano.

Bom, é isso. Não é uma mensagem clara, nem definitiva. Mas é transparente, é honesta e é legítima. Compartilhada diretamente aqui na caixa de texto da Academia sem revisão gramatical, sem checagem com ninguém. É a típica mensagem aleatória do Dan que aparece do nada no site de tempos em tempos.

Por enquanto, nada muda. Aproveitem o site como bem quiserem. Mas recomendo começarem a salvar seus textos, e considerarem a ideia de que o fim da Academia de Contos como vocês conhecem pode estar surgindo no horizonte.

Fiquem a vontade para deixarem seus pensamentos sobre tudo nos comentários abaixo. Você acha que a AC deve se reinventar? Recomeçar? Simplesmente encerrar? Continuar como está? etc... Prometo ler e considerar todas as formas de feedback aqui compartilhados. E caso você não se sinta a vontade para postar no tópico, pode me mandar uma mensagem privada ou (caso tenha o meu número, como é o caso de muitos aqui) me contatar no WhatsApp.

Ah, e não se preocupem. Eu não vou excluir nada do site sem aviso prévio, mas recomendo a todos que tenham backups de seus conteúdos independente disso.

Abraços, e mais uma vez, Feliz Ano Novo!

-D


Nada é permanente, exceto a mudança.

- Heraclitus

❖❖❖

Nut Owl 35 pontos
0 tópicos 0 proficientes
1 posts 1 proficientes
Postado 02/01/24 04:35 Link direto

Olá, me registrei na academia no último ano graças a minha curiosidade pelos textos de um amigo que pública aqui. Infelizmente eu não tive muita experiência com o site, mas no pouco tempo que pude aproveitar para me expressar e apreciar os textos que são publicados aqui, eu tive uma experiência muito gratificante. Pela primeira vez, depois de publicar e mostrar o que eu escrevo para pessoas que não fazem ideia de quem eu sou, eu pude receber as opiniões e os sinceros sentimentos de leitores que eu acredito que são essenciais para pensar no eu quero escrever e no impacto do que eu escrevo para outras pessoas. O que fez em oito anos provavelmente proporcionou isso para muitas pessoas. Sem contar com a experiência proporcionada pelas leituras de temas tão diversos e expressões criativas que foram muita novidade para mim. Eu também achei muito divertidas e enriquecedoras as propostas de atividades como os concursos temáticos. Só queria dizer que o contato entre pessoas que escrevem e que lêem que são proporcionados aqui parece ser algo realmente especial, que sinceramente eu não vejo muito em outros lugares. Entendo que é tempo de mudanças e que elas são necessárias, mas espero que você encontre o que procura e se sinta feliz com as suas escolhas :) .




Holzwarth 536 pontos
3 tópicos 3 proficientes
24 posts 11 proficientes
Postado 02/01/24 19:26 Link direto

Não estava preparado para ler que a AC está dando os últimos passos rumo ao fim inevitável (a menos que...?). Pode ser um tanto difícil de acreditar, mas a Academia fez parte da minha adolescência e assim o faz da minha vida adulta. Já fiz (e ainda faço) parte de outros sites, só que eles não têm o que a AC tem. A proposta da liberdade de expressão no contexto da criação literária, seja em poesia, seja em prosa, é o que ela tem de mais atraente. É o que torna esse lugar valioso, pelo menos para mim, que já me impedi de escrever, de imaginar, de compartilhar textos minimamente fora do belo mundo idealizado da fantasia. Tive e ainda tenho bastante medo de ser banido de outras plataformas que uso por conta do teor dos textos que escrevo. É como se eu precisasse usar uma focinheira. Aqui, na Academia, me sinto livre e sempre me senti.

Encontrei o site quando recebi uma mensagem de divulgação no espírito ficção de fãs. Era 2017 e tinha bastante gente em comparação com os dias de hoje. Na época, acredito que divulgavam mais, e eu mesmo já comentei sobre a Academia com muita gente que conheço na vida real. Não acho que a AC não seja interessante para o leitor médio de textos amadores, ela certamente é, só que é muito mais atraente para quem usa o site para postar, porque o espaço que se abre para discussões é maior. Quem lê nem sempre escreve, mas quem escreve com certeza lê. O hobby é bastante nichado, ainda mais falando de histórias originais, sem o apoio de uma mídia qualquer para atrair público, como é o caso desses sites de fanfic (que tem as regras mais absurdas inventadas por um ser humano). É natural que haja poucas pessoas, ainda mais tendo em vista que o site é pouco divulgado (perdão se eu estiver errado). O problema é quando não tem quase ninguém ou, no pior dos casos, ninguém. A quantidade limitada e nulamente crescente de pessoas acaba estreitando o público, mas acho que isso pode ser resolvido com divulgação e/ou com uma repaginada. Por exemplo, uma área para RPG que usasse o formato de blogpost seria interessante. Sei que o fórum existe e que alguns RPGs aconteciam ali, porém criar uma aba para organizar campanhas, compartilhar PDFs e emblemas direcionados a conquistas específicas de um RPG (por exemplo, "mestrou uma campanha com mais de 4 jogadores" ou "sobreviveu com 1 de HP"). Unir duas comunidades específicas (a de leitores e a de jogadores, ambos interessados em tipos textuais) pode fazer a Academia receber mais gente. Os desafios temáticos são bastante atraentes também.

Não me incomodo com a ideia do reset, pressupondo que seja começar tudo do zero. Caso queira algumas ideias, estou disposto a ajudar, pois é do meu interesse ajudar a salvar a Academia. Contudo, se é do seu desejo fechar a AC para sempre, existe a possiblidade de podermos nos despedir? Pode ser com um post do fórum, que pode ficar aberto por um mês, e então ser arquivado no WebArchive.

Boas festas e bom fim de ano, Dan!

Holzwarth


não estou ligando muito pra falta de água no mundo, eu só bebo suco.



Nyels 140 pontos
1 tópicos 1 proficientes
6 posts 6 proficientes
Postado 13/01/24 14:32 Link direto

Consigo perceber de onde vêm as dificuldades que você relatou, apesar de não ser uma usuária antiga ou particularmente ativa. Participei da staff de outro site de histórias por um curto período de tempo, mas o suficiente para acompanhar de pertinho os problemas que esse tipo de plataforma tem que enfrentar. Muitos problemas se repetem por lá. É uma mistura de fatores culturais, sociais, econômicos e falta de incentivo externo e interno que acabam minando as forças de quem toca esses projetos independentes no cenário brasileiro (o outro site tem problemas similares porque foi criado e mantido por duas pessoas, sendo apenas um desenvolvedor). Quis deixar esse relato pra discordar de você, Daniel: se a Academia teve percalços, estou certa de que não foi por comodismo ou falha pessoal, e certamente o rapaz e a moça que desenvolveram e tocaram a outra plataforma independente concordariam comigo, assim como todas as pessoas que passaram pela Academia de Contos ao longo desses anos.

Conseguir uma staff de confiança, animada e participativa é difícil e exige bastante investimento de quem participa. Nesse sentido, meus parabéns a todos e todas vocês que mantiveram a Academia em seu caminho por todo esse tempo, por mais difícil que tenha sido. Este é um projeto que foi grandioso e bem-sucedido no que se propôs, mesmo que acabe encontrando seu fim em algum momento.

A Academia acolhe seus participantes de braços abertos; eu me senti em casa por aqui, especialmente pela sensação de conforto e aparente inatividade. Duvido que seja um sentimento comum, mas, para mim, o fato da Academia ser menos movimentada é maravilhoso. Eu me sinto menos pressionada para atualizar histórias antigas ou publicar novos textos o tempo todo, pois sei que tudo estará me esperando tranquilamente quando eu voltar. Gosto muito dos Concursos, também, apesar de participar esporadicamente. Gosto da inconstância de retorno que recebo por aqui porque, bem... Eu sou inconstante.

A você que fez a Academia acontecer, obrigada por ter se dedicado tanto a ela.


the jiripoca will piupiu



Sabrina Ternura Deusa dos T's 8361 pontos
14 tópicos 11 proficientes
304 posts 140 proficientes
Postado 17/01/24 20:27 Link direto

Li sua mensagem no dia em que você a postou e, desde então, venho buscando as palavras certas para respondê-lo, pois, como uma usuária antiga e grande apreciadora da AC, sinto que é preciso mostrar o meu posicionamento diante das colocações que você apresentou, Dan, não porque tenho uma opinião sobre isso, mas sim por conta de todas as experiências que vivi neste espaço e por toda consideração e carinho que tenho para com ele. A falta de resposta da minha parte soaria, pelo menos para mim, como um insulto.

Antes de me pronunciar, decidi salvar os meus textos. Comecei dos mais antigos até os mais novos e tive a oportunidade de refletir, mas mais do que isso, de sentir. Conforme fui lendo os textos, os comentários de outros usuários nos meus textos e de lembrar do contexto de composição de cada obra, fui tomada por uma nostalgia tão boa... Percebi que estar na AC sempre foi sinônimo de pertencimento, diversão e leveza. Foi este espaço que acolheu os meus melhores e piores textos. Foi aqui que eu me senti livre para expressar coisas que assustariam qualquer pessoa (mas que possuía pessoas que não só abraçaram o meu pior, como também entraram na minha vida sem previsão de ir embora). Foi neste lugar que eu criei raizes; onde me perdi só pelo prazer de me encontrar, porque eu sabia que aqui isso era possível. Percebi, com certa emoção, que a AC aceitou todas as minhas fases e guardou todas as minhas memórias através das palavras.

Entretanto, assim como a AC esteve disponível para mim em diversos momentos, eu também acompanhei a jornada dela muito de perto. Estou aqui desde 2016 e já vi esse lugar pipocar usuários, como também o vi se transformar no mais mórbido cemitério. Acredito que a vida é feita de fases e, para muitos, a AC foi justamente isso. Contudo, é certo dizer que, se muitos vieram e se foram mais rápido do que um piscar de olhos, muitos chegaram e permaneceram como se esse espaço sempre tivesse sido o lugar que eles procuravam. Eu me encaixo neste último grupo citado. Por mais que eu não entre mais na AC com a frequência que gostaria (pois não consigo tempo hábil para escrever com a constância que a minha inspiração quer), ainda assim, sempre que tenho algo novo, corro para postar aqui automaticamente, porque a AC se tornou uma espécie de biblioteca particular, onde eu sou a única escritora, enquanto posso, também, visitar as bibliotecas de outros para desfrutar daquilo que eles escreveram. Aqui, eu posso ser a escritora que sempre sonhei em ser, enquanto sou a leitora voraz que busca constantemente experiências de leitura novas.

Seguindo adiante, concordo com você que houveram muitos erros: da Staff, de ex-staff’s, de usuários, meus… A impressão que tenho é que a AC se tornou uma casa tão receptiva, que a convivência acabou por nos fazer pisar na bola em diversos momentos. Acredito que, a partir do momento em que lidamos com pessoas, toda e qualquer situação pode fugir do nosso controle, pois não possuímos o entendimento completo acerca de ninguém. Só as paredes da AC sabem a quantidade de brigas e indiretas que vagaram por aqui. A questão é que, para aqueles que ficam aqui esporadicamente, isso não tem tanto peso, mas para aqueles que precisam estar aqui sempre, há o peso da saúde mental e eu entendo que você esteja cansado por causa disso, também.

A AC não é uma plataforma perfeita, mas ela nunca se propôs a ser. Muitos fatores levaram ao momento em que estamos agora e eu entendo quando você diz que a situação fica cada vez mais insustentável. Além disso, foi feito um investimento por sua parte durante todos esses anos (eu não sei quanto custa para manter um site, mas imagino que não deva ser barato…). Como usuária, vejo que o site precisa de melhorias tanto no sentido de manutenção, quanto no sentido de engajamento da staff. Ao passo que, também observo, que deve ser difícil planejar, dedicar tempo e ver que, por falta de participação, tudo foi por água abaixo ou foi esquecido. A verdade é que eu vejo muitos lados dessa situação e não acho que ninguém deve se culpar por isso, porque, como eu disse anteriormente, a AC contemplou muitas fases. Todos nós fizemos o nosso melhor aqui e acredito que é esse sentimento que deva perdurar (com o fim ou não da AC).

Dan, eu poderia vir aqui e dizer um monte de coisa, mas, no fundo, a decisão de manter ou não o site cabe só a você e você sabe disso. Se for por uma questão de votação, certamente o meu voto é não, porque este espaço foi construído por você, mas cada um de nós, usuários, se apropriou dele e é muito difícil se despedir da nossa casa. Espero que, qualquer que venha a ser a sua decisão, ela seja justa com a AC, mas também com você mesmo. Também aproveito para te agradecer por todos esses anos mantendo o site, pela criação deste espaço e por ter nos feito criar memórias lindas aqui. Sinceramente eu não quero me despedir da AC, porque sinto que a minha fase aqui não está perto de terminar e, como uma vez eu escrevi, não sou boa em dizer adeus.

Muito obrigada, Dan, por tudo! ♥ (menos pelo susto que foi ler essa postagem, porque pensar no fim deixou o meu coração em pedaços kkk).




Yvi Imperatriz do Massacre 6317 pontos
30 tópicos 27 proficientes
704 posts 251 proficientes
Postado 20/01/24 02:11 Link direto

Eu nem sei por onde devo começar, mas vamos lá. Creio que fui a primeira pessoa a ler o post, mas acabei adiando minha vinda muito mais do que deveria. Pensei em procurar as palavras certas, mas isso não existe.

Acho que sou uma das poucas pessoas por aqui que chegou a ver a primeira versão da AC, bem naquele tempo que a Bianca e o Renan começaram a postar e dar sugestões. Lembro até que fiquei bem confusa com o que estava acontecendo e fui relutante sobre criar uma conta. A Pamela me convenceu e ainda arrumou uma vaga para mim na STAFF. Estou aqui desde março de 2016 e sei que não fui uma das melhores funcionárias, mas acho que fui uma das mais duradouras e ativas. Demorei para entrar, mas me joguei de cabeça quando o fiz.

AC para mim é sinônimo de casa, mesmo hoje em dia. Foi aqui que eu me senti realmente segura para começar a postar minhas maluquices. É claro que o lugar não é mais o que costumava ser, mas antes de ser aquilo já foi outra coisa e talvez possa acabar mudando novamente. Mudanças, quando para melhor, são sempre bem vindas.

Pode ser que a AC se torne apenas uma biblioteca pessoal, vire uma página macabra que sai do túmulo apenas no dia das bruxas, talvez ela apenas continue existindo do jeitinho que está, ou talvez simplesmente desapareça.

Independentemente do que aconteça, esse lugar sempre terá um espaço no meu coração e na minha memória. Aqui eu encontrei pessoas incríveis, fiz amigos que levei para a vida, escrevi coisas que jamais pensaria em escrever e, claro, me meti em muita treta (eu não seria eu sem isso).

As nossas ações – a falta delas também – podem ter colaborado para o que está acontecendo, mas é aquilo: No fim, a decisão só cabe a você. Vá na fé e faça o que achar melhor.

No mais, vlw e feliz ano novo, Dan (ta valendo ainda, mesmo que seja o dia 54 de janeiro, né?)


ACN



6 de Janeiro A Monster on a Hill 4920 pontos
26 tópicos 25 proficientes
275 posts 193 proficientes
Postado 11/03/24 16:31 Link direto

Dan, eu agradeço e fico muito feliz de você ter se expressado dessa forma, com sinceridade e tanta força, pois nem imagino o que você deve passar com todas essas questões todas na sua cabeça, levando em conta que a AC veio de dentro de você pra dentro de cada um aqui e ajudou todos nós a abraçarmos o sonho e o universo da escrita com tanta paixão...

Eu não fui capaz mentalmente, emocionalmente de responder esse tópico antes, fiquei matutanto 3 meses, o que eu poderia dizer, a forma que eu poderia dizer, quem eu poderia ou não decepcionar, e se eu não estaria decepcionando a mim mesma, apenas aceitando um suposto e próximo fim, pois isso aqui doeu mais que término de namoro e enterro de parente kkkkkk, mas agora, acho que estou melhor para pensar sobre tudo, ainda que eu não tenha (ou não consiga saber) as palavras certas para resumir o turbilhão de emoções, opiniões e sentimentos que tenho sobre a AC, sobre esse anúncio e sobre tudo...

Eu concordo bastante com muitas coisas que você disse, infelizmente a vida adulta nos tira algumas coisas, nos faz olhar pra outros lados, o tempo nos consome e nos faz priorizar o que é mais palpável, o que "dá futuro, dá dinheiro" - e a gente precisa sobreviver e ainda arranjar tempo pra VIVER, é natural pensar sobre isso e considerar abandonar um projeto que acabou por causar mais preocupação, do que contentamento.

Infelizmente, conforme fui amadurecendo, a vida adulta e sua correria me fez abandonar muitos hobbies de escrita e tirou o tempo que eu tinha pra me dedicar 100% à AC ou a qualquer outra coisa que não fosse meu trabalho infernal, as obrigações, as contas, as preocupações, os traumas, incertezas e ansiedades, a depressão, as ondas de pânico que vem e vão, e isso apesar de ser triste, é verdade :c

A Academia de Contos salvou minha vida desde o primeiro momento que vim pra cá, graças ao Giordano, salvou minha vida e me deu um propósito: escrever, ser eu mesma, estar em um lugar secreto e especial, com outros escritores e artistas que compartilham dos mesmos sonhos (apesar de não compartilharem, naturalmente, as mesmas opiniões e estilo de vida), cada um que foi em algum momento, muito ativo no site, se sentiu visto, feliz, compreendido, sentiu que tinha um lugarzinho no mundo, onde podia ser louco, apaixonado, desastroso, assustador, sonhador, em segredo, compartilhando esses segredos com tantas e tantas outras pessoas.

Mas somos falhos, pela nossa natureza humana, tretas aconteceram, brigas injustas, fofocas mentirosas, falta de compreensão, isso de todos os lados, pois é o que acontece em qualquer lugar, em qualquer esfera, em qualquer grupo de internet com um monte de desconhecido, estamos sujeitos a interpretar as coisas conforme a nossa própria vivência, e os outros também... Algumas dessas coisas desmotivaram tanto os usuários do site, quanto nós, como Staff, e isso, unido a todo mundo crescendo e tendo que encarar a realidade de que a vida não é um muranguinho, deixou a AC muitas vezes abandonada, deixou todos, muitas vezes desmotivados a participarem, a darem ideias, a criarem coisas novas, e tudo bem, tenho certeza absoluta que todo mundo fez o que pode com a quantidade de consciência que tinha, que deu o seu melhor, como podia, e não há a quem culpar, são apenas coisas que acontecem.

Sou grata pelos anos apenas como uma usuária do site e sou grata aos anos como Staffer, algumas pessoas podem não saber, mas por muito muito tempo, tínhamos reuniões semanais via meet onde conversávamos sobre projetos, planejamento de postagens, como lidar com desentendimentos de maneira ética e responsável, ideias novas, eventos, bugs, problemas, concursos, novidades, melhorias, enfim, tudo, tudo, tudo, era exaustivo depois da semana de trabalho, mas sempre nos divertíamos e quebrávamos muito a cabeça, quando era preciso, às vezes essas reuniões duravam mais de uma hora, já chegamos a ficar HORAS em call, era prioridade, era um compromisso que fizemos de tudo para continuar fluindo, e fluiu como conseguimos, até onde conseguimos. Afinal, esse é um projeto sem fins lucrativos, um projeto apenas para incentivar a arte, falhamos sim, em diversos pontos, pois se a gente falha até em emprego, não vamos falhar em projeto social? Essas coisas acontecem, mas saibam que por mais simples que podia parecer, havia muita paixão, tempo, dedicação e ansiedade de fazer dar certo, por trás de cada planejamento.

A AC foi minha primeira casa, dentro e fora da internet, e quando eu digo que salvou minha vida, sim, é verdade, salvou minha vida, muitas vezes quando meus impulsos mais sombrios batiam, por ter a AC, eu não ia mais tentar algo contra minha vida, eu ia escrever. Às vezes saía uma merda, às vezes saía bom, e isso me alimentou e continua me alimentando, sempre serei grata e me sentirei uma das pessoas mais privilegiadas do mundo, por ter feito e ainda fazer parte da AC.

O momento atual da minha vida está caótico, desde que o Dan postou isso aqui, eu tive um zilhão de ideias que podiam na minha cabecinha de melão, consertar tudo, mas a vida real veio e me jogou um balde de água fervente e mostrou que não é tão simples, seja por coisas banais como "ninguém vai concordar" ou por coisas complexas do tipo "estou trabalhando em dois empregos pra conseguir comer". O meu sonho era levar isso aqui ativamente, lindamente, gloriosamente por mais 10, 20 anos, para cada canto da internet, pra cada pequeno escritor jovenzinho que acha que suas palavras não tem importância... Mas, não depende só de mim. De qualquer forma, a sementinha foi plantada em cada um de nós, e isso já é o suficiente! <3

Eu amo e admiro cada escritor foda que conheci aqui, por mais complexa que seja, aprendi muito muito muito com cada um, conheci os melhores escritores brasileiros aqui (tanto que, tenho dificuldade de ler livros famosos, publicados por editoras, pois nada é tão complexamente mágico, único, especial e diferente do que os perfis de vcs, as histórias e poemas de vcs)

Espero que, de alguma forma, juntos consigamos achar um caminho onde todos se sintam confortáveis para continuar ou não! Independente da AC continuar existindo ou não, ela salvou a minha vida incontáveis vezes e continua sendo meu refúgio, e eu sempre serei grata por isso, é uma honra fazer parte deste pequeno recanto peculiar!


and there's nothin' like a mad woman

what a shame she went mad



D Fundador, Programador e Conselheiro da Academia 968 pontos
48 tópicos 31 proficientes
353 posts 147 proficientes
Postado 13/05/24 17:11 Link direto

Agradeço a todos que compartilharam seu feedback aqui, assim como os que o fizeram falando comigo diretamente.

Demorou mas chegou a minha resposta, para cada um de vocês, assim como um anúncio geral sobre o futuro do site (será postado em seguida).

Nut Owl,

Fico feliz de ouvir que mesmo um acadêmico mais recente, que se registrou no site há apenas um ano, teve uma experiência gratificante com o mesmo. Notei que você anulou sua conta após esse post mas o site estará de portas abertas para quando você quiser voltar a postar. Obrigado pelas palavras.

Holzwarth,

O que disseste sobre a divulgação é verdade, de certa forma. No começo, muitos membros da Academia buscaram trazer para o site amigos e conhecidos com quem interagiam em outros sites similares. Talvez por isso você tenha recebido o convite que descreveu. Depois de alguns anos, pelo menos por parte da staff, acredito que a estratégia se voltou mais a focar em quem já estava na AC, e trazer pessoas novas por outros meios. Pode ter sido menos efetivo, mas também a AC nunca deixou de ter novos acadêmicos. Até hoje, e até nos momentos mais "mortos" do site, pessoas ainda se registram frequentemente, apesar de muitos não serem participativos. Quando o site um dia vier a ser fechado, com certeza haveria uma oportunidade de se despedir, e enquanto isso não acontecer, fique a vontade para entrar em contato comigo para compartilhar suas ideias. Obrigado pela mensagem!

Nyels,

A sensação que você descreveu de sentir menos pressão e num ambiente mais aconchegante pela falta de atividade é algo que eu entendo bem. Na verdade, mesmo quando construí a Academia, eu imaginei que pelo fato de ser um site focado em textos originais, e não fanfics, inevitavelmente haveria menos movimento aqui do que em qualquer outro site desse tipo. Eu via nisso uma possível vantagem da Academia. Com uma menor quantidade de textos e participação, com um conteúdo e público mais focado, imaginei que o conteúdo teria mais visibilidade entre o público aqui, do que em outros sites onde você posta um texto e 5 minutos depois ele já nem está mais entre os "textos recentes". Obrigado por compartilhar seus sentimentos com a AC.

Sabrina,

Sempre me fez feliz ver pessoas como você que adotaram a Academia como uma segunda casa. Você é uma pessoa que contribuiu muito em todos os âmbitos do site, incluindo postagem de textos, interação com os textos dos demais, participação no fórum, concursos, etc. Apesar de nossas discordâncias ocasionais e de estarmos em lados diferentes de alguns debates, sempre a vi como uma pessoa aberta ao diálogo e cuja opinião eu valorizo. Fico feliz de ter te proporcionado um espaço que causou tanto impacto positivo na sua vida. Você está entre as pessoas que, de certa forma, a Academia foi fundada para servir. Obrigado pela mensagem.

Yvi,

A experiência de ler o post e depois demorar a achar as palavras para responder é algo que eu compartilho, pois estou há meses refletindo e tentando decidir como tocar o site daqui para frente, e como responder às mensagens de vocês. Li todas assim que postadas, e estou chegando aqui com uma resposta apenas em Maio, um ritmo que se equivale à velocidade das minhas manutenções do site e eventos que eu organizo haha. Me deu uma certa nostalgia ler sobre suas lembranças quando o site era recém-nascido, e pensar em todas as pessoas que fizeram parte da história do site, incluindo as que o fizeram apenas no início. Agradeço muito pelas suas contribuições ao site como staffer e como acadêmica. Fiquei feliz em ler sobre o que a AC representa para você. Muito obrigado!

Seis/Ana,

Quero que saibas que adorei trabalhar contigo nas coisas do site nos últimos anos. Você é uma mulher muito trabalhadora e dedicada em tudo que faz, e sei que, assim como eu, como a Shizu, a Thai, e como outros staffers que já estiveram aqui, sua imaginação era muito maior do que o tempo hábil no dia a dia que realmente tínhamos para fazer as coisas. Sei de dificuldades que você passou, assim como você sabe das minhas, mas quando realmente precisava de algo no último minuto, sempre pude contar contigo. Falo isso para você e para os que responderam aqui, assim como para a Shizu/Thai que conversaram comigo offline, para a Pam e outros staffers do passado a quem eu devo muita coisa: a AC nunca teria sido o que é, e o que foi, se não fosse por vocês. Nunca paguei nada para ninguém. Quando o trabalho pede hora extra, quando temos que virar a noite estudando, quando o familiar está doente, quando a gente perde alguém que ama, quando a nossa casa literalmente inunda, não é fácil ter o tempo e energia para se dedicar a um projeto 100% voluntário, um hobby. Cada dia, cada hora, cada minuto, que qualquer um de vocês se dedicou à Academia, eu entendo que é um dia, hora, minuto, que poderia ter ido para mil e uma outras coisas, e escolher usá-lo na Academia é algo que eu nunca deixarei de valorizar e me sentir grato. Algo que talvez eu não tenha sabido valorizar com o peso correto no passado, mas hoje eu sei. Obrigado por tudo!

Essa conversa continua aqui.


Nada é permanente, exceto a mudança.

- Heraclitus



▲ TOPO